Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

APLICATIVOS MÓVEIS COM HTML5 VÃO DEMORAR A DECOLAR

18/05/2011

De acordo com um grupo de especialistas em comunicações sem fio, presentes em uma das mais importantes conferências norte-americanas do setor, a Mobile Northwest, a linguagem HTML5, pode até tornar mais fácil a vida dos desenvolvedores para dispositivos móveis, mas pode levar mais de um ano para que isso se torne realidade.

De acordo com o executivo da AT&T, Ted Woodbury, o HTML5 não é uma panacéia e não resolverá todos os problemas. ?Nós já experimentamos os limites do que o HTML5 é ou não capaz de fazer e ele é doloroso?, diz. No entanto, ele espera que o padrão ganhe melhorias ao longo do tempo.

A linguagem virou alvo de debates constantes no meio da mobilidade, pois permitia que os desenvolvedores criassem novos tipos de recursos nos websites, de forma que pudessem se comportar como aplicativos, algo interessante sobretudo para smartphones.

Uma das vantagens seria a possibilidade de escrever um aplicativo e vê-lo rodando em diferentes plataformas, apenas pelo acesso de uma página. ?Nós temos clientes que acreditam fortemente que o HTML5 é o futuro para a construção de aplicativos?, diz o diretor da companhia de desenvolvimento móvel Fros Design, Hans Gerwitz. ?A crença é de que o HTML5 é o novo J2ME?.

Até agora, no entanto, o HTML5 não está servindo como uma plataforma que pode ser usada para estender aplicativos para diversas plataformas. A rede de cafeterias Starbucks iniciou um projeto de uso do HTML5 na esperança de fazer com que seu website funcionasse bem em diversos dispositivos móveis. ?Funcionou, mas com muita dificuldade?, disse o diretor de mobilidade e tecnologias emergentes da Starbucks K. C. MacLaren.

O site da Starbucks tem diversas funcionalidades e uso intenso do Javascript, o que tornou difícil a tarefa de replicá-lo. Houve muito trabalho e tempo para adaptá-lo para HTML5 e fazê-lo rodar bem nos diversos browsers presentes em smartphones, descreve MacLaren.

Segundo Gerwits, a decisão sobre o uso de HTML5 em vez da construção de uma aplicação tradicional depende de qual funcionalidade a companhia está tentando criar. Aplicativos orientados a conteúdo, por exemplo, como os de publicação de notícias ou previsão de tempo, são melhores se construídos como HTML5 em relação aos aplicativos standalone.

A maioria dos especialistas acredita que a tecnologia vai avançar o suficiente para se tornar amplamente usada e, quando isso acontecer, criará mudanças significativas no mercado. Woodbury prevê que isso pode acontecer em 18 meses, fazendo explodir a presença de lojas de aplicativos web, que tirarão uma grande fatia do mercado das lojas de aplicativos orientadas a sistemas operacionais.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar