Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BASE SEM FIO CONECTA NOTEBOOK À TELA MAIOR, ALTO-FALANTES, TECLADO E MOUSE; VEJA TESTE

09/05/2011

  • A estação central conecta vários dispositivos periféricos a um notebook -- sem usar nenhum fio

    A estação central conecta vários dispositivos periféricos a um notebook -- sem usar nenhum fio

Mmmmmm. Sem fio. Pense em todos os fios que eliminamos até agora, graças a invenções como controle remoto, Wi-Fi, celulares e minúsculos fones de ouvido Bluetooth. Toda vez é mágico. Toda vez é mais conveniente. E toda vez o mundo se torna um lugar melhor.

Em duas semanas, o Salão da Fama da Extinção do Cabo ganhará um novo membro: a Samsung Central Station.

Na sua mesa, ela parece exatamente um monitor de computador elegante de alta definição, revestido em preto reluzente. A imagem é brilhante e nítida. A tela vem em dois tamanhos: 23 polegadas (US$ 450) e 27 (US$ 600).

Isso representa aproximadamente US$ 200 a mais do que um monitor comum de computador de mesa do mesmo tamanho ?até mesmo mais do que os monitores da Samsung. Mas isso é perdoável, considerando o segredo da Central Station: ela também serve como base de encaixe sem fio para notebook.
 

Uma base de encaixe, caso você nunca tenha visto uma, é um dispositivo feito para mesa, geralmente custando entre US$ 100 e US$ 200, que acomoda certos notebooks. O motivo é que quando você está na estrada, você deseja a portabilidade compacta do notebook. Mas quando ele está na mesa, você deseja um monitor maior, um mouse e teclado reais, internet por cabo (mais rápida e mais segura do que o Wi-Fi), uma impressora, alto-falantes reais para PC e talvez um disco rígido externo ou dois. Você pode deixar todas essas coisas plugadas na base de encaixe; então, quando você chega em casa e encaixa seu notebook, todo o equipamento externo é conectado a ele simultaneamente. Você pode trabalhar imediatamente com acessórios muito melhores.

A Central Station é assim. Mas com esta base de encaixe, você não conecta nada; tudo é sem fio. A ligação é automática e rápida ?aproximadamente 10 segundos. Tudo o que você precisa é manter o notebook a 1,5 metro da Central Station.

De repente, a enorme tela plana da Central Station ganha vida, mostrando aquilo que está na tela do seu notebook. (Ela pode reproduzir o que está no seu notebook ou pode servir como um segundo monitor ?uma extensão da tela do notebook. Ela até mesmo oferece um ?modo agachado?, onde você pode curvar as articulações até a borda da tela encostar na sua mesa. Dessa forma, ela pode ficar no mesmo nível que a tela do notebook.)

Se um filme estiver passando em seu notebook, ele de repente aparece no monitor muito maior, e o som salta do alto-falante ridículo do notebook para os muito melhores conectados à Central Station. Se você deixar seu iPod, iPad ou iPhone plugado na base, o iTunes abre repentinamente e começa automaticamente a sincronizar. O mouse e teclado que você plugou na Central Station agora funcionam exatamente como se estivessem plugados no notebook nas proximidades. (O trackpad e teclado do notebook também continuam funcionando.)

Quando você sai para uma reunião, você não precisa desconectar nada. Apenas pega seu notebook e sai. Sem seu cérebro, a Central Station desliga após 10 segundos. É uma visão de cair o queixo.

Duas grandes perguntas devem estar piscando na cabeça do fã de tecnologia no momento. Primeiro, como funciona?

A Central Station vem com um transmissor que é plugado na entrada USB de notebook. Ele é realmente minúsculo ?aproximadamente do tamanho de unha do dedo médio do pé.

Ele transmite todos os sinais necessários para a Central Station: um sinal de vídeo de alta definição de 1080p, informação bidirecional de seus quatro conectores USB, um sinal de rede Ethernet e áudio do laptop. Transmitir tantos dados sem fio, sem nenhum atraso, é um feito e tanto de engenharia; até onde a Samsung e eu sabemos, nunca foi feito antes. (A Samsung diz estar usando um ?protocolo proprietário para espectro de banda ultralarga que não é e nem interfere com Wi-Fi ou Bluetooth?.)

Graças à existência deste transmissor USB, a Central Station funciona com qualquer notebook existente, não apenas os da Samsung. Ou funcionará. No momento, a Samsung oferece drivers apenas para Windows XP e Windows 7. A empresa diz que terá software para Windows Vista e Mac em outubro.

A segunda pergunta é: Por quê? Por que não usar uma base de encaixe regular? Sim, o lance sem fio poupa o trabalho físico de conectar seu notebook à base, mas isso é realmente tanto trabalho?

A resposta é, primeiro, nem todos os notebooks podem se encaixar em uma base. Alguns modelos são feitos com conectores especiais, mas muitos mais não são (incluindo os Macs). A Central Station aceitará todos os modelos de notebooks.

Segundo, a maioria das bases de encaixe é específica para determinada marca. Se seu notebook atual é um Dell, e no ano seguinte você tiver um Sony, você terá que comprar uma nova base de encaixe. Mas não se você tiver uma Central Station.

Terceiro, não subestime o quanto é bacana, conveniente e satisfatório ver seu notebook transmitir e receber sinal da Central Station assim que você chegar ou partir. O sistema sem fio é mágico e mágica é felicidade.

É desconcertante ver seu notebook compartilhar conexões de áudio, vídeo, USB e rede com o monitor na sua mesa. Mas assim que você aceita isso, configurações ainda mais intrigantes aguardam você.

Por exemplo, você pode comprar transmissores USB adicionais para os notebooks adicionais dos demais membros da família. Aquele que entrar primeiro a uma distância de 1,5 metro usa a Central Station.

(Eu perguntei ao gerente de produto se seria possível fazer o inverso: comprar várias Central Stations, espalhadas pela casa, para uso com um único notebook. ?Sim, você pode?, foi a resposta. ?E você será nosso cliente favorito.?)

A Central Station não é inútil sem seu notebook. Você também pode usá-la como monitor para seu computador de mesa, graças ao conector padrão para monitor na traseira. Ou pode usá-la para assistir filmes e jogos; sua conexão HDMI aceita tocador de Blu-ray, console de videogame, Apple TV ou qualquer outra fonte de vídeo de alta definição.

Mas a Central Station não é uma ideia totalmente nova ?você pode comprar bases de encaixe sem fio sem a tela. Mas a Central Station é a primeira do mundo a aceitar sinal de vídeo de alta definição e é de longe a mais atual e completa, e a melhor projetada.

É certamente um golaço. Mas há alguns poréns.

Duas das quatro entradas USB da Central Station podem servir para USB 3.0. O USB 3.0, quando chegar, será ótimo: aparelhos sincronizarão até 10 vezes mais rápido e carregarão duas vezes mais rápido (desde que seu conector, cabo e aparelho sejam todos USB 3.0). Mas na conexão sem fio, qualquer coisa que você plugar nessas entradas da Central Station rodará a velocidades apenas 2.0.

De modo semelhante, a conexão Ethernet na traseira da base não funciona a velocidades de ponta (não é uma Gigabit Ethernet). E o sinal da rede sem fio que é enviado para seu notebook não é tão rápido quanto um cabo de Ethernet seria.

Você também pode reclamar de certos elementos do conceito. Se o alcance fosse maior do que 1,5 metro, por exemplo, você poderia usar seu notebook no sofá, controlar um programa de TV Hulu em sua grande tela Samsung do outro lado da sala.

E é uma pena que você tenha que comprar o monitor como parte da Central Station. Talvez você já tenha uma tela da qual goste; não seria bom comprar apenas o componente de base sem fio?

Mas não ligue para isso. Este aparelho é uma ótima opção para muita gente. Ele permite que o notebook itinerante encontre em casa uma base de ponta, repleta de funções, sem a necessidade de conectar um único cabo. Em outras palavras, a Samsung realmente criou uma grande Estação Central.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar