Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FUNDAÇÃO INGLESA CRIA COMPUTADOR DE APENAS US$ 25

09/05/2011

A fundação inglesa Raspberry Pi anunciou a criação de um computador de baixíssimo custo para uso educacional em países desenvolvidos e em desenvolvimento. Do tamanho de um pendrive, o aparelho foi projetado para ser plugado diretamente a uma TV ou tela sensível ao toque, criando assim um "tablet" de baixíssimo custo.

A configuração atual é baseada em um processador ARM11 de 700 MHz, 128 MB de RAM, um sistema de vídeo capaz de decodificar vídeo em alta-definição (1080p) e gerar gráficos em 3D (OpenGL ES 2.0) com saída HDMI e memória expansível com cartões microSD, além de interface USB 2.0 e uma interfae genérica para entrada/saída de dados.

raspberry_pi-360px.jpg

Computador da Raspberry Pi, com câmera opcional de 12 MP instalada

O hardware é modesto, equivalente a um smartphone de baixo custo, mas é o bastante para rodar uma versão leve de um sistema operacional como o Linux e fornecer acesso à internet e a aplicativos como um pacote Office. Mas o grande atrativo é o custo estimado em US$ 25 por unidade, embora o volume de produção necessário para que esse preço seja atingido não tenha sido informado.

É uma meta extremamente ambiciosa: hardware similar projetado para uso em sistemas embarcados, como os "Computadores em um Módulo" (COM - Computer on Module) da norte-americana Gumstix, custa US$ 149 a unidade. E isso apenas pelo módulo-base com processador, chipset e memória: adicione uma placa de expansão com o conector para cartões microSD, a saida HDMI e portas USB, mais cabos e fonte de alimentação e o preço sobe para US$ 259.

A Raspberry Pi não informou quando seu computador estará disponível. Em seu site a fundação convida internautas a sugerir, via e-mail, software educacional Open Source que possa ser utilizado no projeto, e a responder à pergunta: "Como você usaria um computador de custo ultra-baixo?"
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar