Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ABINEE VOLTA A ATACAR POLÍTICA CAMBIAL DO GOVERNO FEDERAL

29/04/2011

A política cambial do governo federal votou a ser criticada pelo presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Humberto Barbato. Ele atacou a medida durante encontro realizado nesta quinta-feira, 27/4, com empresários do setor em Porto Alegre.

 ?A cada ano, o setor eletroeletrônico tem perdido sua capacidade de competir no mercado externo e, o que é mais preocupante, no mercado interno. Na raiz desta queda de competitividade, além dos itens que compõem o custo Brasil, está o Real extremamente valorizado? disse Barbato.

Para o presidente da Abinee, com o câmbio desajustado, surge um novo elemento que tem aprofundado o déficit do setor e gerado instabilidade nas indústrias: a importação de produtos acabados, que implica na corrosão das cadeias produtivas.

Barbato apresentou algumas propostas ao governo federal com objetivo de preservar a indústria nacional. Entre as quais ele sugere elevar, temporariamente, para 35% a alíquota do imposto de importação para equipamentos industriais e de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica que tenham similar nacional. 

Ele propõe também desoneração da contribuição patronal ao INSS e da parcela exportada da produção dos bens do setor eletroeletrônico, nos moldes do setor de software.

Além destas preposições, a Abinee irá levar ao Ministro da Ciência e Tecnologia, Aloísio Mercadante, um documento reunindo as reivindicações das empresas do setor que produzem no país, com investimentos locais, geração de empregos e desenvolvimento de mão de obra qualificada.

Barbato afirmou ainda que os investimentos que serão realizados no âmbito do Pré-Sal e para a realização dos grandes eventos que o país sediará nos próximos anos oferece oportunidades para o setor. Ele pede que o governo crie condições para alavancar a indústria local instalada por meio de políticas que possam garantir sua competitividade.
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar