Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PERFIL REÚNE NÚMEROS DE CELULARES DIVULGADOS NO TWITTER; ONG ALERTA PARA RISCOS

28/04/2011

Perfil reúne telefones postados pelos próprios usuários do Twitter e facilita ação de golpistas
 

?Pessoal, NUNCA passem números de telefones pelo Twitter, exceto em DMs [mensagens diretas]. Tem uma conta que divulga telefones para todo mundo. @AnotaMeuCel" O alerta divulgado no Twitter por Marcel dos Santos na manhã desta quarta-feira (27) ganhou resposta do próprio perfil mencionado. ?Não sou eu quem divulga, são os próprios usuários do Twitter. Só busco e dou RT [retuíte].? ?Mas seu conselho é bastante válido?, comentou na sequência esse mesmo usuário, definido como um ?serviço de lista telefônica [sic] aleatória gratuita.

O @AnotaMeuCel afirma em sua página que ?TODAS as mensagens são públicas e foram encontradas na busca do Twitter? -- e, de fato, são. O que ele faz é retuitar essas mensagens, criando assim um índice com números de telefones de centenas de internautas descuidados. Até a noite desta quarta-feira, havia 403 mensagens na página ? com poucas exceções, como a resposta divulgada no início desta reportagem, os tuítes apenas reproduzem conteúdo postado outras pessoas (incluindo aí suas fotos de apresentação e link para chegar ao perfil completo, onde muitos outros dados podem ser encontrados).
 

Atenta à repercussão da ?lista telefônica?, a ONG de direitos humanos na internet Safernet telefonou nesta tarde para 13 números que os próprios internautas divulgaram em seus perfis ? a ação deve continuar na quinta-feira (28). ?Muitos publicam seus telefones sem querer, não têm noção que esse dado estará disponível para milhões de usuários do Twitter?, afirmou Thiago Tavares, presidente da Safernet. ?Por estar em uma rede social, é possível associar esse número a diversas informações pessoais do usuário, facilitando assim seu uso indevido.?

Perfil

O UOL Tecnologia comprovou essa possibilidade, telefonando para um dos números divulgados. Assim, falamos com uma garota de 15 anos ? para quem a Safernet já havia ligado -- que havia escrito (publicamente) seu telefone pessoal para uma amiga. ?Só meus amigos me seguem, então nem reparei que havia perigo. Não estou em casa agora, mas assim que chegar vou apagar. Fiquei assustada?, disse a jovem, que afirmou ter contado sobre a ligação da ONG para sua mãe. ?Ela também pediu para eu deletar o número.?

Rodrigo Nejm, diretor de prevenção da Safernet, falou com os 13 tuiteiros desatentos nesta quarta, após uma breve análise em seus perfis. Um dos internautas para quem ele ligou não atendeu à ligação e Nejm sabia o motivo: ?Ele iria ao cinema, então deveria estar assistindo ao filme. Também sei a cidade onde mora e que ele estava com fome, mas esperou para comer durante a sessão. Posso ligar para ele e perguntar o que achou do filme, sem nunca ter visto essa pessoa.?

O diretor de prevenção reconhece que, no caso acima, tratam-se de detalhes. ?Mas é importante ponderar o que será publicada, pois essas informações podem colocar o usuário em risco. Muitos usam redes sociais como se fossem mensagens privadas de texto?. Além do perfil do internauta em questão ser aberto (qualquer um pode ler seus tuítes), ele tem 7 mil seguidores e está cadastrado em nove redes sociais. Com alguns cliques, é bem provável que se trace o perfil dessa pessoa: seus gostos, lugares que frequenta e quem são seus amigos, por exemplo.  

O que fazer?

Mesmo que os internautas mencionados no @AnotaMeuCel apaguem o tuíte, a informação continuará sendo exibida no ??serviço de lista telefônica? do microblog. Assim, Tavares aconselha a deletar a cidade onde mora do perfil, pois geralmente os telefones são divulgados sem DDD ? isso já dificulta a ação de pessoas mal intencionadas ou de empresas de telemarketing. Para tornar a ação de golpistas mais trabalhosa, apague também outros tuítes com informações muito pessoais e fique atento às ligações de números desconhecidos ou bloqueados.

A Safernet se identifica logo no início da conversa por telefone e, depois do alerta, a ONG publicará um tuíte em seu perfil oficial agradecendo o internauta pela conversa. Na noite desta quarta, havia no ar somente uma dessas mensagens, que tem o objetivo de evitar golpes em nome da organização. A ONG também pede que o usuário contatado tuíte o alerta e, no caso de menores de idade, sugere a participação no concurso Internética, no qual estudantes de 12 a 17 anos podem se inscrever até sexta-feira (29).

Escorregões de famosos mostram que a divulgação de celular pode causar problemas. Em abril do ano passado a apresentadora Scheila Carvalho, na época com mais de 50 mil seguidores, postou: "Menino!!! Te ligo e vc não atende! Meu n [número] é (71) 8890-xxxx". O ator Bruno Gagliasso fez o mesmo: postou seu número, na tentativa de mandar uma mensagem direta para o cantor Tico Santa Cruz. O ator teve de desabilitar o chip que usava no aparelho, por conta das ligações.   
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar