Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DILMA ROUSSEFF QUER FINANCIAR 75 MIL BOLSAS DE ESTUDOS NO EXTERIOR

27/04/2011

Preocupada com a escassez de mão-de-obra qualificada, a presidenta Dilma Rousseff fez um apelo nesta terça-feira, 26/04, para que o setor privado ajude o governo na criação de 100 mil bolsas de estudo para formar estudantes brasileiros no exterior. O pedido foi feito durante a primeira reunião na gestão Dilma do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que reúne representantes do governo e da sociedade civil.

"O governo tem preocupação com a formação de estudantes capacitados para virarem os nossos futuros cientistas. E aí vamos recorrer a um mecanismo que vários países do mundo recorreram, que é enviar brasileiros e brasileiras para fazer de forma parcial ou de forma completa cursos no exterior nas áreas de ciências, sobretudo de ciências exatas", afirmou. A presidenta afirmou que a meta oficial é financiar 75 mil bolsas de estudos até 2014 e pediu ajuda da iniciativa privada.

"Eu queria fazer um convite e um desafio aos senhores. Eu acredito que o setor privado pode comparecer com uma ajuda aos estudantes brasileiros ou ao Brasil de forma que nos permita chegar a 100 mil (bolsas)", disse. Sem dar detalhes, Dilma mencionou ainda o lançamento, em breve, de um programa para capacitação técnica e profissional para tentar reduzir a escassez de mão-de-obra qualificada no país.

Na avaliação de Dilma, a escassez de mão-de-obra qualificada é um dos "bons problemas" que o país tem pela frente, já que de acordo com estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o desemprego no Brasil é de 6,5 por cento, taxa considerada como situação de pleno emprego.


 
 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar