Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HP E GRUPO +UNIDOS LANÇAM PROJETO DE EDUCAÇÃO

12/04/2011

 

Em abril, na cidade do Rio de Janeiro, iniciam-se as aulas do Projeto +Oportunidades, de educação e capacitação de jovens. A iniciativa é fruto da parceria entre o Grupo +Unidos - formado por empresas norte-americanas situadas no país, o governo dos Estados Unidos e o Projeto Enter Jovem.

Nesta primeira edição, que será implementada pelo Instituto Empreender, o programa tem como principal objetivo a capacitação dos jovens para aproveitar as oportunidades geradas pela realização dos eventos mundiais - Copa do Mundo (2014) e Jogos Olímpicos (2016).

?Inicialmente o projeto, que será implementado entre 2011 e 2016, beneficiará mil jovens por ano e irá ajudá-los a desenvolver competências essenciais para ingressar no mercado formal de trabalho?, afirma Regina Macedo, diretora de comunicação corporativa da HP Brasil.

O monitoramento das ações do programa +Oportunidades será realizado pela USAID/Brasil, que será diretamente responsável pelo monitoramento do projeto. ?Para a HP, que contribui diretamente com recursos para a realização do projeto, o envolvimento da USAID significa a certeza do desenvolvimento sustentável do projeto nas comunidades atendidas?, explica Tarsila Arnone, responsável pela área de inovação social da HP Brasil.

Focado na capacitação dos jovens, o programa oferece curso na língua inglesa ampliando o acesso a melhores oportunidades de trabalho, especialmente para aqueles sem experiência no mercado formal. Além disso, também contempla a ampliação das habilidades tecnológicas, sendo que todas as atividades enfatizam o trabalho em equipe, habilidades de raciocínio crítico e lógico, análise de problemas, plano de carreira e de vida.

O projeto deve aprimorar o desenvolvimento pessoal e profissional dos participantes em áreas como turismo, comunicação, empreendedorismo, cidadania e liderança.

Para participar do programa os pré-requisitos são: ter entre 16 e 29 anos, renda familiar equivalente a meio salário mínimo, ter concluído ou estar cursando o ensino médio em Escola Pública do Rio de Janeiro e não ter trabalhado em emprego formal. O projeto também busca incluir 5% de jovens com deficiência e promover a equidade de raça e gênero.

Com carga horária de 100h de inglês básico e 200h de qualificação sócio profissional para os estudantes o projeto inclui 72h para qualificação dos professores. As aulas, que serão realizadas nas escolas públicas definidas pelo projeto, acontecerão no contra turno das aulas do ensino regular.


 
 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar