Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EUA IRÃO USAR TWITTER E FACEBOOK PARA ALERTAS DE TERRORISMO

08/04/2011

O governo americano decidiu usar o Twitter e o Facebook para divulgar dois níveis de alertas de terrorismo --elevado e iminente. No entanto, estes serão divulgados ao público apenas em circunstâncias específicas.

Segundo informações obtidas pela Associated Press sobre o plano confidencial do governo, alguns alertas não serão divulgados publicamente, caso possam colocar em risco operações da inteligência ou investigações em curso.

Um documento confidencial de 19 páginas obtido pela AP, com a data de 1º de abril, descreve o processo que ocorrerá nos bastidores caso se acredite que teroristas estejam ameaçando os EUA. O papel descreve a sequência de medidas a serem tomadas: notificar o Congresso, os governos locais, e, se for o caso, a população.

O relatório detalha ainda quantos minutos as autoridades americanas podem esperar antes de organizar uma reunião de emergência para discutir supostas ameaças. O plano coloca a secretária americana de Segurança Doméstica, Janet Napolitano, no comando do Sistema Nacional de Alertas de Terrorismo.

De acordo com o plano, o Facebook e o Twitter podem ser usados "quando apropriado", mas apenas depois que líderes locais, estaduais e federais tenham sido notificados.

Segundo o sistema, um alerta "elevado" apontaria uma ameaça "crível" contra os EUA. Provavelmente o alerta não especificaria o alvo ou período de tempo, mas poderia revelar informações úteis para impedir um ataque. O alerta expiraria em no máximo 30 dias, mas poderia ser estendido se necessário.

Um alerta "iminente" avisaria sobre uma ameaça "crível e específica" ou "um ataque em curso contra os EUA". Esse tipo de alerta expiraria em sete dias, podendo também ser estendido.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar