Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BRASIL É LÍDER NO USO DE CLOUD COMPUTING NA AMÉRICA LATINA

07/04/2011

Um estudo realizado pela consultoria IDC demonstra que entre todos os países da América Latina, o Brasil é o que possui o maior interesse na aplicação de tecnologias relacionadas ao conceito de computação em nuvem. Hoje, 18% das médias e grandes empresas já utilizam alguma forma de cloud computing. Até 2013, o número saltará de 30% a 35%, de acordo com estimativas.

A média dos demais países da América Latina para os mesmos indicadores é mais baixa: 14,5% das companhias têm ou planejam ter algum tipo de aplicação. Entre todas as companhias consultadas no Brasil, 98% acreditam que o conceito veio para ficar, embora elas ainda tenham muitos receios, como segurança ou método de cobrança.

Embora esteja avançando, o Brasil ainda está muito atrás de empresas dos Estados Unidos, onde 45% a 55% das empresas médias e grandes já utilizam algum serviço de cloud e da Europa, com 35% a 40% das empresas utilizando computação em nuvem.

Avaliando todo o mercado mundial, a IDC estima gastos de 5 bilhões de dólares em servidores, redes e sistemas de armazenamento dedicados ao mercado de computação em nuvem, ou 5% dos gastos totais em tecnologia. O vice-presidente de estratégias executivas da IDC Worldwide, Richard Villars, afirma que o percentual pode chegar a 25% até 2015. No Brasil, 80% dos investimentos em computação em nuvem serão direcionados para ambientes híbridos.

De acordo com estudo da IDC, os atributos mais valorizados da computação em nuvem pelas áreas de TI no Brasil é a possibilidade de pagamento por uso e a elasticidade dos sistemas. Para Célia Sarauza, gerente de pesquisas da IDC Brasil, a inexistência de práticas de governança e métricas que revelem os custos atuais dos ambientes de TI é o principal ponto a ser avaliado no mercado de cloud.
 
 
 
Fonte: Idgnow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar