Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

COSMONAUTAS PARTEM PARA MISSÃO NA ISS

05/04/2011

Dois cosmonautas russos e um astronauta americano decolaram nesta terça-feira do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), segundo imagens da TV local.

A missão tem como objetivo lembrar a primeira viagem espacial tripulada realizada por Yuri Gagarin há quase 50 anos.

Os dois russos e o americano partiram em uma nave Soyuz do cosmódromo de Baikonur, mesma localidade de onde Gagarin deixou a Terra para sua missão histórica em 12 de abril de 1961.

O lançamento, ocorrido nas primeiras horas da manhã, deixou um raio de luz no céu limpo e estrelado do campo cazaque, informou um correspondente da AFP.

A missão foi dedicada à viagem de Gagarin - que deu à então União Soviética sua maior vitória da Guerra Fria contra os Estados Unidos - e, posteriormente, a cápsula Soyuz foi rebatizada com o nome do cosmonauta.

"O lançamento ocorreu normalmente", informou a missão de controle à tripulação, que acenou e fez sinal de positivo com os dedos para a câmera, em imagens enviadas da cápsula para a Terra.

Os cosmonautas Alexander Samokutyaev e Andrei Borisenko estão em sua primeira viagem espacial, enquanto o astronauta americano Ronald Garan está em sua segunda missão, tendo viajado com a nave Discovery em 2008.

"Estamos voando bem", disse a voz de um dos membros da tripulação, aparentemente o comandante Samokutyaev.

"Desejo sucesso e um bom voo", disse o chefe da agência espacial russa, Anatoly Perminov.

A cápsula Soyuz entrou com sucesso na órbita terrestre e deve acoplar-se à ISS às 23h18 GMT (20h18 de Brasília) na quarta-feira, depois de uma viagem de dois dias.

A missão, que tem como objetivo as celebrações do aniversário de 50 anos das viagens espaciais tripuladas, foi alvo de preocupações depois que problemas técnicos forçaram um adiamento da data de lançamento programada inicialmente, em 30 de março.

A emissora estatal russa informou que a tripulação estava reproduzindo em gravações as famosas conversas por rádio entre Gagarin e o designer espacial Sergei Korolyov, que estava em terra, meio século atrás.

Em um sinal da importância da missão, a segurança aérea está sendo garantida por oito aviões e 12 helicópteros que sobrevoam os territórios da Rússia e do Cazaquistão, informou a agência de aviação federal Rosaviatsia em um comunicado.

A missão de 108 minutos de Gagarin - que terminou com ele descendo de paraquedas em uma área rural no centro da Rússia - ocorreu no ápice da Guerra Fria, mas atualmente as viagens espaciais são realizadas em uma parceria entre os ex-inimigos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar