Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MCAFEE E WIND RIVER ANUNCIAM ACORDO

31/03/2011

A McAfee e a Wind River anunciaram uma parceria para desenvolver, comercializar e dar suporte a soluções de segurança para os dispositivos "não PC", de tecnologia embarcada e móveis. As empresas vão oferecer soluções de segurança e gerenciamento específicos para esses dispositivos.

Segundo a MacAfee, o número de dispositivos conectados deve alcançar 50 bilhões até 2020 e os setores com maior potencial são o de controle industrial, gerenciamento de energia, automotivo, infraestrutura nacional, defesa, redes e smartphones, além de segmentos emergentes como smart grids (rede elétrica digital), serviços de saúde remotos, gateways e tablets.

O aumento da demanda deve gerar aumento de vulnerabilidades e os dispositivos já são alvos do crime organizado. "Eles estão em todo lugar, para que possamos nos comunicar e consequentemente melhorar certos aspectos de nossas vidas", diz o presidente da McAfee, Dave DeWalt,. "Esses equipamentos são peças fundamentais em nossas vidas, mas também apresentam um grande risco. Por isso, protegê-los é uma obrigação. A união de forças entre a McAfee e a Wind River possibilitará a implementação de medidas de segurança para proteger esses dispositivos essenciais "não PC", de tecnologia embarcada e móveis e aumentar a segurança das pessoas", afirma.

"Clientes de quase todos os segmentos de mercado já consideram a segurança de dispositivos de tecnologia embarcada uma das principais prioridades", comenta o presidente da Wind River, Ken Klein.

As integrações iniciais serão entre o sistema Wind River Linux e as soluções de segurança da McAfee, seguidas por integrações adicionais com outros sistemas operacionais da Wind River e tecnologias de virtualização incorporadas. Ainda neste ano será realizada a implantação programada das soluções. Além disso, a Wind River incluirá as ofertas de segurança da McAfee em seus próximos produtos, para que os fabricantes de equipamentos originais (OEMs) tenham ainda mais facilidade no momento de desenvolver dispositivos seguros.

 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar