Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTERNET MÓVEL: PREÇO AINDA É O MAIOR OBSTÁCULO

24/03/2011

Estudo sobre o mercado brasileiro de celulares, produzido pela Acision e que ouviu 1,2 mil pessoas, a maior parte pela Web, divulgado nesta quarta-feira, 23/03, observa que 9,6% dos assinantes com terminais capazes de navegar na Inernet fizeram, efetivamente, algum tipo de acesso à Rede pelo celular no Brasil.

O levantamento mostra, porém, que 32% tendem a achar que fizeram algum tipo de uso da Internet móvel. Também constatou que dos entrevistados, 56,5% possuem terminais capazes de acessar a Internet via celular - via WAP, 3G ou Wi-fi.

Para os que disseram ter celular capacitado para navegar na Internet, mas nunca o fizeram - 24,5% - a questão preço e falta de praticidade foram citados como barreiras de uso. O preço - considerado elevado - foi apontado por 50% dos entrevistados que nunca usaram o celular para acessar à Internet, mesmo tendo aparelho capacitado.

Já 46% consideraram como barreiras a falta de praticidade, a falta de interesse ou a preferência pelo uso da Internet apenas nos computadores. Segundo a Acision, essa margem grande entre os que dizem ter usado 32% e os que efetivamente usaram - 9,6% - prova que há um grande espaço para educar o consumidor brasileiro sobre a Internet móvel.

O estudo da Acision também constatou que os assinantes brasileiros tendem a aceitar o marketing móvel e a publicidade móvel, desde que eles tenham anteriormente concordado em receber essas mensagens - 79,1% disseram que essa é uma obrigação.

Mas, observa Raphael Steinhauser, presidente da Acision no Brasil, essa medida é pouco aplicada pelas teles móveis. "Não há essa percepção da necessidade de ter a aprovação do usuário. A maior parte manda sem pensar na rejeição do serviço".

O levantamento apura também que entre as ofertas que os usuários mais gostariam de receber estão descontos em sites onde os usuários compram regularmente (71%). Também mostar que 89% dos entrevistados já receberam algum tipo de publicidade via SMS ou MMS. E o grau de leitura das mensagens é elevado: próximo a 54%.


 
Fonte: Convergencia Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar