Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SONY SUSPENDE PRODUÇÃO EM FÁBRICAS POR FALTA DE PEÇAS

23/03/2011

A Sony informou nesta terça-feira (22) que planeja suspender temporariamente a produção em cinco fábricas no Japão por causa de problemas na obtenção de matéria-prima e componentes, que se seguiram após o terremoto e o tsunami de 11 de março.

O terremoto de magnitude 9,0 terremoto, e o tsunami subsequente, causaram danos generalizados em toda a costa leste do Japão e matou mais de 9 mil pessoas. As áreas que não foram diretamente danificadas acabaram afetadas pelo fechamento de estradas e ligações ferroviárias e pela escassez de energia, que trouxe apagões planejados para uma grande área do leste do país. Para as fábricas fora da região atingida pelo terremoto, o rompimento significou quebra na cadeia de abastecimento que, em geral, é eficiente.

A Sony informou que vai interromper, no mínimo até 31 de março, a produção de sua fábrica de Inazawa, que produz televisores LCD Bravia, e a planta Kohda, que faz filmadoras Handycam e câmeras digitais Cybershot. Também estarão ociosas as fábricas Kosai, que produz equipamentos de broadcast e profissionais; Minokamo, que fabrica telefones celulares e lentes de câmera; e Oita, que produz microfones e fones de ouvido. A empresa disse que irá tentar garantir outras fontes de abastecimento de matéria-prima e componentes de que necessita, mas advertiu que pode transferir temporariamente sua produção para fora do Japão.

A Sony já interrompeu a produção de nove fábricas que foram diretamente afetadas pela catástrofe ou pela falta de energia elétrica. A produção foi retomada totalmente em uma unidade, parcialmente em outras duas, mas seis continuam suspensas.

Os problemas de abastecimento estão sendo sentidos para além da indústria eletrônica. A Toyota Motor, por exemplo, anunciou que vai parar toda a produção automobilística nacional até sábado, devido aos problemas na obtenção de algumas peças. Já a Honda vai manter as linhas de produção ociosas pelo menos até domingo, pelo mesmo motivo.

 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar