Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MINISTÉRIO PÚBLICO TENTA ACORDO PARA EVITAR GREVE DE TI EM SP

18/03/2011

O Ministério Público do Trabalho (MPT) tenta negociar acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia do Estado de São Paulo (Sindpd), antes da decretação da greve da categoria, prevista para a partir de manhã, 18/03.

O MPT convocou uma reunião amanhã cedo entre os presidentes do Sindpd-SP, Antonio Neto, e os representantes do Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Serviços de Informática do Estado de São Paulo (Seprosp).

O encontro está marcado para amanhã, 18/3, às 10h30, quando os representantes participarão de uma audiência de mediação e tentativa de reconciliação, no intuito de remediar o estado de greve instalado no último sábado.

No documento de convocação do MPT, que possui caráter de urgência, o órgão deixa claro o desejo de chegar a um consenso, para que a deliberação do estado de greve seja revista pelo sindicato.

"Consideramos muito importante essa iniciativa do Ministério Público. Será mais uma oportunidade para expormos os motivos que levaram a categoria a deflagrar o estado de greve?, diz o presidente do Sindpd-SP, Antonio Neto.

O sindicalista diz que pretende demonstrar que o movimento não se restringe apenas à assegurar as conquistas econômicas dos profissionais de TI de São Paulo, mas também combatermos as práticas ilegais das empresas do setor. Ele afirma que muitas adotam o modelo de contratação de pessoa jurídica (PJ) para ?explorar o trabalhador, sonegar impostos e lucrar mais".

Na manhã desta quinta-feira, 17/3, a diretoria executiva do Sindpd-SP esteve reunida para finalizar os detalhes da paralisação. Caso não haja acordo com o sindicato patronal, a greve será decretada e a paralisação será por áreas a partir de segunda-feira, 20/3.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar