Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

DISNEY INTERACTIVE FAZ MAIS CORTES DE FUNCIONÁRIOS

16/03/2011

No começo do ano a Disney Interactive Media Group confirmou uma série de cortes de sua equipe, em uma reestruturação sob uma direção mais de jogos casuais e sociais, resultando em centenas de demissões, incluindo pessoas da Junction Point, criadora de "Epic Mickey", lançado para Wii em dezembro passado. E de acordo com o site ecônomico PaidContent, o desligamento de funcionários continua.

Segundo informações do site, cerca de 80 funcionários perderam seus empregos. No início de 2011, a Disney Interactive tinha cerca de quatro mil profissionais, e estimá-se que a empresa sofreu um corte de 7% da sua equipe até o momento. Em declaração para o site, a empresa confirmou as demissões como "parte de uma orientação estratégica para o futuro sucesso nos meios digitais".

Após uma série de prejuízos trimestrais, a empresa aumentou a receita em 58% entre outubro-dezembro, sendo que o sucesso de "Epic Mickey" foi um dos fatores principais para estes ganhos, vendendo mais de 1,3 milhão de unidades.

Nos últimos anos a Disney Interactive vem passando por mudanças, como a saída do diretor Steve Wadsworth em setembro do ano passado, sendo substituído por Jimmy Pitaro do Yahoo e John Pleasants, diretor-executivo da Playdom, empresa de jogos sociais adquirida pela Disney em um negócio avaliado em US$ 763 milhões.

As mudanças continuaram com a saída de Graham Hopper em novembro passado, líder da divisão de games da empresa nos últimos oito anos. O jogo "Pirates of the Caribbean: Armada of the Damned", título em que a empresa investiu milhões de dólares, foi cancelado sem explicações, e o estúdio responsável, Propaganda Games, que mais tarde lançaria "Tron: Evolution" e que fechou as portas recentemente.

Veja videoanálise de "Epic Mickey"

 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar