Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PRESIDENTE DA HP É ACUSADO DE QUEBRAR REGRA DA COMPANHIA

11/03/2011

O principal executivo mundial da HP, Leo Apotheker, foi acusado de violar regras da companhia. De acordo com notícia divulgada pelo Wall Street Journal, o executivo teria ferido o estatuto da companhia, ao participar da nomeação de cinco novos membros do conselho diretor (board) da empresa. Além de Apotheker, outros três diretores são acusados pela mesma infração.

A polêmica foi levantada depois que uma consultoria de aconselhamento de investidores, chamada ISS (Institutional Shareholder Services), criou um relatório apontando que os executivos tinham violado as regras ao participar da nomeação do conselho diretor. Ainda segundo o documento, o fato de Apotheker e outros diretores terem participado do processo de escolha compromete a independência do board.

A ISS recomendou que os acionistas da HP rejeitem a proposta de pagamento de US$ 47 milhões para o CEO da companhia, por conta desse envolvimento dele com a nomeação dos novos executivos.

Desde a saída do ex-CEO da HP, Mark Hurd, que deixou a companhia por conta de um envolvimento em um escândalo sexual, os principais executivos da empresa têm sido alvos constantes de críticas, incluindo a nomeação do próprio Apotheker, quer era o principal executivo da SAP.
 
 
Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar