Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MSI PREPARA LANÇAMENTO DE TRÊS TABLETS RODANDO ANDROID E WINDOWS 7

25/02/2011

A fabricante taiwanesa Micro-Star International (MSI) anunciou nesta quinta-feira (24/2) que pretende lançar três versões de seu tablet WindoPad para o mercado corporativo no dia 1 de junho. Dos aparelhos, um executará o sistema Android 3.0, da Google, enquanto os outros dois o Windows 7, da Microsoft.

De acordo com a empresa, o dispositivo rodando Android usa um processador Tegra 2, da Nvidia, pesa 800 gramas e tem 13 milímetros no seu ponto mais fino, sendo o valor previsto para cerca de 399 dólares nos Estados Unidos (EUA). Já os tablets rodando a plataforma da Microsoft terão processadores diferentes, o primeiro utilizará o Brazos, da AMD, e o segundo será equipado com um chip Intel Atom.  

O preço estipulado para o modelo rodando Windows 7 e com processador Intel será a partir de 549 dólares, disse o gerente de marketing da MSI, Luc Liao. Enquanto isso, o preço do modelo com chip da AMD ainda não foi divulgado, mas, segundo Liao, deve ser um valor intermediário entre outros dois modelos. 

Todos os modelos incluem acelerômetro, sensor automático de luz e Wi-Fi. Segundo a MSI, o tempo de uso da bateria chega a seis horas nos aparelhos com Windows e oito horas nos produtos com o sistema da Google. 

O WindPad com Android é um dos primeiros com a versão Honeycomb e, possivelmente, deve custar menos que o iPad, da Apple, que atualmente é vendido pelo custo de 499 dólares. 

Mercado corporativo
A MSI, especializada em fabricar computadores a mais de 25 anos, anunciou o projeto dos tablets WindPads durante a Computex, em Taiwan, no ano passado.

Quando todos os três dispositivos estiverem no mercado, a MSI espera atrair clientes corporativos que preferem o Windows aos sistemas operacionais da Apple, declarou Liao.

"Se você gosta de um Mac, você pode escolher o iPad. Mas se você preferir o Windows 7 ou Android, você pode escolher uma das nossas opções", disse ele. "Os empresários que usam PCs com Windows acham que os tablets com este sistema serão mais fáceis de se trabalhar", segundo Liao.

De acordo com a gerente de pesquisas da IDC, Helen Chiang, os preços dos novos WindPads serão compatíveis com os outros produtos não-Apple. "A MSI encontrará resistência se os tablets foram vistos como substitutos para os notebooks, já que os três modelos são pequenos para executar certas atividades, como trabalhar em planilhas, por exemplo", analisou Chiang. "Os consumidores vêem os tablets mais como um dispositivo secundário", conclui.

Outras fabricantes como Sony, Acer e Asustek Computers preparam para este ano o lançamento de um concorrente ao iPad, da Apple, que, no ano passado, foi a dominante do setor com cerca de 90% de um mercado de 17 milhões de unidades, de acordo com a IDC.

Segundo um estudo da empresa de pesquisa DisplaySearch apenas em 2011 cerca de 56 milhões de tablets devem ser produzidos, um crescimento de mais de 200% em relação a 2010.
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar