Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

OI LEVA BANDA LARGA AO AMAZONAS POR FIBRA ÓTICA

14/02/2011 01:00:00

A Oi aumentou a capacidade de entrega de banda larga no Estado do Amazonas por meio de fibra ótica. Antes da chegada da operadora à região, a única forma de acesso internet no local era por satélite. A segunda etapa desse projeto foi apresentada nesta sexta-feira, 11/02, pelo presidente da companhia, Luiz Eduardo Falco, ao ministro das comunicações, Paulo Bernardo, empresários e autoridades.

A iniciativa faz parte do programa de investimentos da Oi para a Amazônia Legal, que inclui melhoria da atual rede de comunicação e ampliação de cobertura, para acelerar o crescimento econômico da Região Amazônica. O projeto contou com recursos próprios da operadora e de outras duas fontes de financiamento.

Uma das fontes de recursos foi o Banco da Amazônia (Basa), via Fundo de Desenvolvimento do Norte (FNO). A outra é a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), com repasse do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA).

O lançamento da primeira fase do serviço foi há um mês. Agora a Oi se compromete a expandir a disponibilidade do serviço Oi Velox, com opções de planos que vão de 39,90 reais (300Kbps) a 69,90 reais (1Mbps).

O serviço já está disponível nos bairros do Centro, Distrito Industrial, Santa Luzia, Adrianópolis, Vila da Prata, Dom Pedro I, Distrito Ceasa, Educandos, São Jorge, Parque 10 de Novembro, Conjunto Elisa Miranda, Parque das Laranjeiras, Compensa I, II e III, Cidade Nova I, entre outras.

A chegada da Oi à capital amazonense via fibra óptica foi com apoio dos governos do Brasil e da Venezuela, por meio de parceiros como a Eletronorte (controlada da Eletrobrás que atua na região) e a Cantv.

Maior cobertura  

De Manaus, o cabo de fibra ótica atravessa um trecho de 784 quilômetros até Boa Vista (RR). Da capital de Roraima, os dados seguem para Caracas, na Venezuela, por redes ópticas da Eletronorte e da Cantv.

A partir de Caracas, os dados são transportados pela rede da GlobeNet, subsidiária da Oi que opera um sistema de cabos de fibra ótica submarinos com 22 mil quilômetros de extensão. Da Venezuela, chega aos Estados Unidos e à cidade de Fortaleza por meio de um cabo submarino. Da capital cearense, o cabo segue para o Rio de Janeiro.

Com a expansão da infraestrutura de fibra, a Oi estende a conexão de Manaus para outras localidades: Mucajaí, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, Nova Equador, Nova Colina, no Estado de Roraima, e Presidente Figueiredo, no Amazonas. Em Mucajaí, Iracema e Caracaraí a banda larga já foi implantada. Em Rorainópolis, Nova Equador, Nova Colina e Presidente Figueiredo será implantada ainda no primeiro semestre deste ano.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar