Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTEL REFORÇA A SEGURANÇA EMBARCADA EM NOVA GERAÇÃO DE CHIPS

11/02/2011 01:00:00

A Intel anunciou na quarta-feira (9/2) que incluirá uma autenticação mais segura para senhas dinâmicas em sua segunda geração de processadores da família Core.

O sistema, conhecido como Intel Identity Protection Tecnology (IPT), foi desenvolvido para fornecer uma "autenticação de dois fatores", com o intuito de evitar acessos não autorizados ao sistema.

"O IPT é uma tecnologia totalmente nova que funciona no firmware embarcado no chipset", disse Mike Reed, gerente geral de proteção de identidade do PC Client Group da Intel. Segundo ele, a expectativa da empresa é que a próxima geração de processadores, incluindo a linha profissional Core vPro, que suporta o sistema Intel IPT, esteja disponível em breve, possivelmente a partir de março.

Empresas especializadas em segurança em software de segurança como a Symantec VeriSign e a Vasco Data Security também anunciaram que suas próprias tecnologias de autenticação dinâmica poderão a partir de agora utilizar o token da tecnologia de proteção de identidade da Intel.  

Algoritmo
As senhas dinâmicas ? tidas como mais seguras que as fixas ? precisam de um método, como um algoritmo, para gerar uma senha única cada vez que um usuário precisa se autenticar online.

Esta nova tecnologia permite que o software de fabricantes de terceiros possa ser embarcado no firmware do chipset da Intel, de modo que o próprio computador da Intel  seja utilizado no lugar de um token de hardware separado, que forneceria a senha dinâmica ao usuários.

"As senhas dinâmicas são frequentemente fornecidas por dispositivos independentes, como tokens de hardware portátil ou até mesmo celulares", declarou  Atri Chatterjee, vice-presidente de autenticação do usuário da Symantec, que ainda destacou que a apresentação de senha online pode ser feita através do serviço de nuvem Symantec VeriSign.

"Com o serviço VIP é possível autenticar o acesso a serviços de sua empresa, no PayPal ou no banco, por exemplo", disse Chatterjee.

Atualmente, os usuários finais obtêm esse tipo de credencial gratuitamente; empresas, como sites de comércio eletrônico, compram o serviço de autenticação VeriSign VIP, que normalmente custa 3 ou 4 dólares por ano, de acordo com o volume. De acordo com Chatterjee, cerca de mil organizações usam o serviço VIP atualmente.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar