Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

LATINOS NOS EUA SOFREM COM EXCLUSÃO DIGITAL, APONTA ESTUDO

10/02/2011 01:00:00

Os latino-americanos são a minoria que mais cresce nos Estados Unidos, mas eles ainda sofrem com a exclusão digital por terem baixa renda e nível educacional, de acordo com um estudo divulgado na quarta-feira.

A pesquisa do Pew Hispanic Center descobriu que hispânicos ficaram menos tempo online no ano passado do que norte-americanos brancos ou negros. Também há um menor número de hispânicos que têm um celular ou acesso à Internet banda larga em casa, em comparação com os norte-americanos.

O estudo "Latinos e a Tecnologia Digital 2010" foi feito a partir de dois tipos de pesquisas por telefone em agosto e setembro do ano passado.

Ele revelou que somente dois terços dos hispânicos adultos --65 por cento-- estiveram online em 2010, ante 66 por cento dos adultos negros e 77 por cento de adultos brancos.

Apenas 45 por cento dos latinos usaram banda larga para acesso à Internet de casa, em comparação com 52 por cento dos norte-americanos negros e 65 de norte-americanos brancos.

Os latinos também ficaram para trás no que toca à posse de celulares, conforme a pesquisa. Três quartos deles --ou 76 por cento-- possuíam um celular, ante 79 por cento dos negros e 85 por cento dos brancos norte-americanos.

A disparidade no acesso às tecnologias digitais é proveniente da baixa renda e de níveis educacionais dos hispânicos em relação aos brancos, segundo a pesquisa.

"Se não fossem esses fatores, a diferença no acesso à banda larga e celulares entre hispânicos e brancos desapareceria", afirmou o estudo.

De acordo com o Censo dos EUA, cerca de 45 milhões de hispânicos vivem no país, o dobro da quantidade de duas décadas atrás.

Conforme previsões do Censo, minorias étnicas e raciais nos EUA devem se tornar maiorias até 2050, quando cerca de um em três residentes nos EUA será latino.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar