Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GRUPO ANTI-GOOGLE PEDE INVESTIGAÇÃO SOBRE A EMPRESA

25/01/2011 01:00:00

O Consumer Watchdog, um grupo anti-Google, pediu uma investigação para o Congresso Nacional americano sobre o relacionamento da gigante de buscas e a administração do presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Em uma carta enviada nesta segunda-feira (25), o grupo pediu ao novo presidente da Câmara de Supervisão e Reforma do Governo,  Darrell Issa, para investigar a relação entre a Google a as várias agências governamentais americanas como a Agência de Segurança Nacional dos E.U.A.

?Nós acreditamos que a Google tem tido benefícios indevidos, por causa de um laço estreito com a administração?, dizia a carta. "A Google é a maior ligação entre o consumidor e a internet e, por isso, não deve receber tratamento especial e acessos devido a uma relação especial com o governo?.
 
O grupo vê em Issa um aliado na luta. Em julho do ano passado, ele mandou uma carta para a Google mostrando preocupação de que um funcionário da Casa Branca e o ex-chefe global de políticas públicas da Google estavam trocando emails inapropriados.

Porém, assim como o Consumer Watchdog acredita que a Google tem relações estranhas com o governo americano, outros estão questionado se o grupo não tem uma ligação com a Microsoft. ?Este é mais um item da lista de acrobacias feitas por uma organização que admite estar próxima de nossos concorrentes?, disse o porta-voz da Google.

No entanto, John Simpson, advogado representante do grupo, garantiu que a Consumer Watchdog não recebeu nenhum investimento da Microsoft e nem outros dos concorrentes do Google.


Fonte: Olhar Digital

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar