Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CAMPUS PARTY 2011: APAGÕES, AL GORE, FURTOS E FÉ NA ´SANTA DA BANDA LARGA´

24/01/2011 01:00:00

  • Willians Valente/UOL

    Um mar de barracas: essa é visão da área de acampamento da Campus Party. Dos 6.800 participantes do evento, 4.500 acampam no próprio local, durante os sete dias de evento

A quarta edição da Campus Party Brasil, encerrada neste domingo (23), teve como foco o tema sustentabilidade. Para colocar essa proposta em prática, o evento realizado durante uma semana em São Paulo teve debates e oficinas sobre o assunto, além de palestras de nomes de peso, como Al Gore, ex-vice-presidente dos EUA e vencedor do Nobel da Paz em 2007. O principal destaque da Campus Party 2011, no entanto, foi algo que os organizadores não planejaram: as quedas de luz no Centro de Exposições Imigrantes, onde cerca de 4.500 pessoas passaram a semana inteira acampadas. No total, segundo dados oficiais, o público chegou a 6.800 inscritos e bateu recorde.

Os campuseiros ficaram no escuro pelo menos três vezes: na madrugada de segunda (17) para terça-feira (18), no início da noite de terça -- quando a energia demorou mais de uma hora para voltar e a conexão ultraveloz de 10 Gbps (gigabits por segundo) caiu ? e por cerca de cinco minutos na tarde de sexta-feira (21).

Por conta da duração do problema e das controvérsias entre o motivo do apagão (o diretor Mario Teza falou que um acidente havia causado a falta de luz, enquanto a organização culpou a chuva), a tensão maior no Centro de Exposições Imigrantes foi registrada no início da noite de terça. Indignados, os campuseiros que pagaram R$ 150 de inscrição e R$ 20 para acampar acharam uma forma bem humorada de reivindicar o direito à luz e à conexão rápida:
escreveram frases de protesto na tela de seus notebooks. Também apelaram para a ?santa da banda larga?, imagem religiosa de uma ação de marketing, e fizeram uma procissão até o estande da Telefônica, patrocinador oficial do evento. Os mais empolgados chegaram a ajoelhar ? com fé ou palhaçada, a luz e a internet voltaram pouco depois.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar