Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EMC APOSTA EM TECNOLOGIAS PARA MIGRAÇÃO PARA NUVEM

20/01/2011 01:00:00

O volume de dados cresce 44 vezes nas companhias e as aplicações estão ficando mais pesadas, exigindo mais da infraestrutura de TI, que começa a migrar para a nuvem. Atenta à demanda, a EMC investiu no desenvolvimento de novas tecnologias, que foram anunciadas ao mercado nos Estados Unidos. Para atender também pequenos negócios, a companhia promete praticar preços reduzidos.

Como parte dessa estratégia, 41 produtos foram apresentados ontem em Nova York, que renovam a linha de storage, backup e software da companhia. Ao anunciar o megalançamento, o chairman e CEO da EMC, Joe Tucci, argumentou que os gastos com TI aumentarão apenas entre 3% e 5% em 2011.

Tucci afirma que a infraestrutura de TI está passando por transformações para poder atender às novas demandas com a criação de aplicações para rodar em dispositivos móveis de qualquer lugar e hora.

Há também uma demanda crescente por vídeos pesados. O executivo dá o exemplo das áreas de saúde e de mídia que precisam trafegar grandes volumes de imagens. ?É preciso criar novas aplicações e a infraestutura tem de suportá-las. Isso faz com que o ambiente fique mais complexo e caro.? Por isso, mais de 73% do orçamento da TI é gasto com manutenção e apenas os 27% restantes são aplicados em novas tecnologias.

Com esse cenário, muitas companhias estão avaliando a migração para a nuvem com o objetivo de reduzir custos. Porém, os sistemas precisam ser virtualizados e preparados. Tucci destaca a necessidade de transformação das aplicações de negócios em software como serviços (SaaS), reforço da segurança, implementação dos controles e gerenciamento para processamento pelo novo modelo.

?Queremos ajudar as empresas na jornada para cloud computing?, justificou o CEO da EMC, que aposta no grande apelo da nova linha, principalmente nos mercados emergentes, onde as companhias estão investindo mais em TI.

Potencial do Brasil 

Durante entrevista com jornalistas da América Latina, Tucci comentou que a região oferece muitas oportunidades para a nova linha de produtos. Ele destacou que o Brasil, por ser um dos mercados do Bric que mais cresce, tem despertado muita atenção da EMC.

Tucci apontou a posição favorável do Brasil para negócios, e principalmente o fato de o País ter sido escolhido para sediar megaeventos como Copa do Mundo em 2014 e Olimpíada, em 2016. O chairman da EMC acredita que haverá grande demanda por infraestrutura de TI.

Lançamentos   
Entre as novidades apresentadas pela EMC, o destaque é a linha de storage VNX, voltada para o segmento de pequenas e médias empresas, que chegará ao mercado por 9,499 dólares. Segundo a companhia, o produto é o mais barato do mercado.
A EMC também reforçou o leque de sistemas de armazenamento para grandes companhias e anunciou uma nova versão do Data Domain, para duplicacação de dados, apresentado como sete vezes mais rápido que os existentes no mercado.
 
 
 
Fonte: CIO

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar