Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CIBERPIRATAS ATACAM BANCO DE DADOS DE ´MODERN WARFARE 2´ NO PS3

18/01/2011 01:00:00

Os jogadores de "Call of Duty: Modern Warfare 2" que se sentiram enganados pelos seguidos ataques e manipulações dos ciberpiratas no jogo para PlayStation 3 acabam de ganhar um grande apoio. A própria produtora do jogo, a Infinity Ward, sente as dores desses jogadores, mas pede que não seja criticada por um erro que não cometeu.

Segundo o estrategista de criatividade da produtora, Robert Bowling (também conhecido como fouzertwo), o grande problema é a falta de compromisso da Sony em garantir a segurança do PlayStation 3. "A Sony ficou sabendo recentemente de uma brecha na segurança do PlayStation 3 que resultou em ataques e invasões aos jogos", disse Bowling disse ao fórum oficial da Infinity Ward "´Modern Warfare 2´ não é uma exceção para esse problema de invasão e nós entendemos que alguns de vocês possam ter problemas com estatísticas e outras informações associadas nele".

Segundo alguns jogadores, a versão para PlayStation 3 de "Modern Warfare 2" está recebendo seguidos ataques e invasões que afetam as estatísticas que, em alguns casos, chega a deletar até o progresso dos jogadores. O problema chegou até a Infinity Ward através da reclamação de um dos usuários do fórum, conhecido como ktell. Segundo ele, tal problema causou o sumiço de todo o seu progresso no jogo, acumulado em cerca de 27 dias corridos.

Indignado, ktell afirma também que os ciberpiratas modificaram seu status online com mensagens de conteúdo vulgar, além de perder os seus dados anteriores a cada vez que efetua um novo login. O jogador exige que a Infinity Ward recupere todo o seu progresso e alega que, apesar de a Sony não ter agido contra a pirataria, a Infinity Ward deveria ter cuidado para banir esse tipo de ciberpirata infiltrado no jogo online.

Apesar disso, Bowling afirma que a Infinity Ward não possui forças para agir contra estas invasões. "Os jogos contam com um sistema de segurança de encriptação de acordo com as plataformas em que estão rodando, portanto, pacotes de atualizações por download não resolverão esse problema, a menos que o problema de segurança seja resolvido. Lamentavelmente, os jogos da série ´Call of Duty´ estão repletos de hackers, devido à grande quantidade de jogadores e popularidade. No entanto, o número de jogadores legítimos supera o das maçãs podres", enfatiza.

Para o futuro, a Infinity Ward pensa em não confiar tanto nas fabricantes dos consoles, para evitar que situações como essas voltem a acontecer "Nossos planos para o futuro é ajustar a nossa aproximação com esses jogadores e não confiar somente nos fabricantes dos consoles. Com isso, reduziremos as chances de que isso aconteça em nossos jogos, assim como foi feito pela Treyarch em ´Call of Duty: Black Ops´".

Se uma solução para esse problema ainda parece distante para a Infinity Ward, Bowling sugere aos jogadores que apenas participem de partidas com amigos e conhecidos a fim de evitar uma invasão inesperada. Sobre a restauração de dados perdidos anteriormente, uma má notícia: "Neste momento, nós não temos como restaurar ou ajustar qualquer tipo de estatística individual de jogadores". Pelo jeito, ktell e os demais jogadores lesados pela invasão terão de começar o seu ranking do zero. E dessa vez, somente com os amigos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar