Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CHINA PRENDE MAIS DE 4.000 POR PIRATARIA DESDE NOVEMBRO

12/01/2011 01:00:00

A China prendeu mais de 4.000 pessoas acusadas de violação de propriedade intelectual desde novembro e vai reforçar medidas de punição para combater o problema "rampante", afirmou uma autoridade do país nesta terça-feira.

Gao Feng, vice-diretor da agência de investigação de crimes econômicos do Ministério de Segurança Pública, afirmou a jornalistas que o órgão descobriu mais de 2.000 casos desde que a China lançou, em novembro, uma campanha de seis meses para reforçar o combate à pirataria.

O valor financeiro dos esquemas de pirataria encontrados totalizou 2,3 bilhões de iuans (US$ 348 milhões), disse Gao, acrescentando que o número de prisões, casos e valor financeiro representa o triplo do registrado no mesmo período do ano passado.

"De um lado elas demonstram as vitórias que conseguimos no combate à violação de propriedade intelectual, enquanto por outro, indica que o problema ainda é rampante e frequente", disse Gao. "Por isso queremos introduzir punições mais pesadas."

A legislação chinesa de proteção à propriedade intelectual pode fazer parte da agenda de discussões entre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu colega chinês, Hu Jintao, quando o premiê da China visitar os EUA na próxima semana.

A Associação Internacional de Propriedade Intelectual estima que as perdas comerciais dos EUA na China por causa de pirataria somaram US$ 3,5 bilhões em 2009.

Segundo autoridades de alfândega dos EUA, 80% dos tênis, roupas, bolsas e outros produtos falsificados confiscados antes de entrar no país vêm da China.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar