Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

OFTALMOLOGISTAS DIZEM QUE 3DS NÃO CAUSA DANOS À VISÃO DE CRIANÇAS

12/01/2011 01:00:00

Recentemente, a Nintendo alertou aos pais de crianças menores de 6 anos que o seu novo portátil 3DS poderia causar danos à visão de seus filhos. Curiosamente, tal afirmação causou um grande impacto em um grupo de pessoas que entendem bastante sobre o tema: Os especialistas em visão.

Alguns dos maiores oftalmologistas do mundo se surpreenderam ao saber que a Nintendo sabe de algo sobre o desenvolvimento de olho que até o momento sua classe desconhece e, por conta disso, contradizem o alerta da fabricante japonesa de videogames.

"O fato de você assistir algo em 3D no cinema ou no videogame deve causar zero de impacto aos olhos", afirma o professor de pediatria e oftalmologia da Universidade de Washington, Lawrence Tychsen. O médico afirma que atualmente está realizando uma pesquisa com filhotes de Macacos Rhesus, que ao ser expostos aos óculos 3D durante todo o dia, o ajudam a entender como a visão se desenvolve e não mostra qualquer tipo de diferença evolutiva na visão dos símios.

Segundo a Nintendo, sua posição sobre o assunto é alertar aos pais que crianças menores de 6 anos não devem usar o recurso 3D do Nintendo 3DS, e para isso, é fundamental que os responsáveis restrinjam o acesso ao modo 3D, mas para os médicos, tal alerta parece ter pouca base científica.

Para o Dr. David Hunter, professor de oftalmologia da Universidade de Harvard e responsável pelo setor do Hospital Infantil de Boston, as projeções tridimensionais são muito similares à forma como o olho humano constrói as imagens em três dimensões. Hunter observa que o possível malefício do 3D é a fadiga do cérebro tentando processar uma tonelada de informações".

Já David Granet, oftalmologista da Universidade da California, não considera que esta seja uma situação restrita ao uso do 3D. "Muito tempo de exposição à tela pode causar impacto negativo, sendo 3D ou não". Granet explica que há uma preocupação crescente entre os pediatras com o grande tempo em que as crianças ficam à frente da tela de televisores e não recomenda tal exposição a menores de 2 anos. Granet informa que chegou a criar um grupo de e-mails para discutir o anúncio da Nintendo e que entre as dezenas de mensagens, o que mais se via era "Alguém sabe o motivo ou de onde veio isso?"

"Sobre o ponto de vista médico, eu não acho que os pais devam se preocupar com os pequenos que jogam games em 3D. A grande questão nesse caso é: Você realmente quer que seu filho menor de 3 anos jogue um videogame?", finaliza.

Portátil "de peso"

Revelado pela Nintendo em conferência realizada antes da E3 2010 e com lançamento marcado para março no mercado ocidental, a principal diferença entre este modelo e os antecessores é a presença de uma tela widescreen capaz de processar gráficos com efeito 3D estereoscópico sem a necessidade de usar óculos especiais.

Assim como o antecessor, o 3DS também apresenta uma tela inferior sensível ao toque. Entre outros atrativos, o videogame permite tirar fotos em 3D e se conecta à internet via Wi-Fi.

O 3DS está previsto para chegar ao Japão em 26 de fevereiro de 2011, por 25 mil ienes (cerca de US$ 300). Nos Estados Unidos e Europa, foi anunciado para março do mesmo ano, ainda sem data e preço definitivos.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar