Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

CIBERPIRATAS CONSEGUEM MODIFICAR ATUALIZAÇÃO DE SISTEMA DO PS3

06/01/2011 01:00:00

Não demorou muito desde o anúncio da quebra do sistema do PlayStation 3 e já surgiu na internet a primeira atualização de sistema modificada por ciberpiratas.

A noticia surgiu no blog pessoal do ciberpirata "KaKaRoTo", mais conhecido por fazer modificações não oficiais para Wii, que disponibilizou um "firmware" para o console da Sony. KaKaRoTo alega que, por motivos legais, não pretende distribuir o Custom Firmware aos interessados, mas está disponibilizando um tutorial ensinando, passo a passo, como criar uma atualização (Custom Firmware) a partir de um arquivo original, que pode ser baixado pela Sony.

Com isso, o ciberpirata explica que os jogadores que já atualizaram o seu sistema para o firmware 3.55 também poderão utilizar programas não assinados digitalmente pela Sony, bastando criar o seu próprio Custom Firmware a partir do software 3.55. Da mesma forma, usuários que possuem, por exemplo, o firmware 3.41 em seu sistema, deverá criar o seu Custom Firmware a partir do software original 3.41.

Entre as "vantagens" de se utilizar o firmware personalizável, KaKaRoTo enfatiza a possibilidade de se adicionar qualquer aplicação não autorizada pela Sony, como programas homebrew. Antes mesmo de a Sony se manifestar, KaKaRoTo se defende afirmando que tal ação não visa incentivar a pirataria, mas facilitar a eventual utilização desses programas feitos por fãs. Pirataria ou não, a única certeza é de que a Sony deve se manifestar mais uma vez para defender seu sistema.

Guerra contra a pirataria

Ao que parece, a guerra entre a Sony e os piratas está longe de acabar: recentemente, os ciberpiratas conseguiram quebrar a segurança do firmware original 3.50 para rodar jogos piratas mais atuais, como "Gran Turismo 5". Em seguida, a Sony lançou o firmware 3.55, que bloqueou a possibilidade de "desatualizar" o firmware original através de dispositivos controladores de software piratas, como o PSJailbreak e o PSGroove.

Ao menos por enquanto, não existe a possibilidade de "downgrade" no sistema, forçando o jogador a escolher entre rodar os jogos originais lançados no futuro ou continuar com os jogos piratas compatíveis com o firmware 3.50. Se os ciberpiratas estiverem certos, entretanto, a Sony terá de pensar em novas medidas para inibir os avanços da pirataria em seu console.

Revelado pelo site Eurogamer em 19 de agosto de 2010, o PSJailbreak roda em qualquer porta USB do console e permite copiar ou reproduzir qualquer tipo de código de jogo mesmo que o console esteja atualizado com a última versão do sistema.

Para funcionar, o programa exige que um jogo original esteja inserido no leitor de Blu-ray do console. Dessa forma, é possível rodar qualquer game que esteja armazenado em um dispositivo externo. O processo todo é mostrado em vídeo divulgado na internet que mostra jogos recentes instalados em um dispositivo externo, como "God of War III", "InFamous" e "Ratchet & Clank: Tools of Destruction".
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar