Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EXCESSO DE PRODUÇÃO BAIXA PREÇOS DE MEMÓRIA DRAM

06/01/2011 01:00:00

A memória DRAM atingiu um preço próximo ao valor mais baixo de 2010, devido a um excesso de produto no mercado registrado logo após o período de Natal. O valor médio chegou a 0,84 dólares na DRAMeXchange, uma espécie de mercado de memórias em Taiwan. O valor é muito próximo do das cotações no início de 2010, e pode contribuir para baratear os computadores.

Os chips de 1-Gbit DDR3 DRAM chegaram a custar 2,80 dólares em abril e maio de 2010, registro histórico, depois do seu preço ter atingido 0,81 por unidade em Março de 2009, segundo informações da DRAMeXchange.

No início de 2010, a previsão dos analistas era a de que os preços das memórias ficassem estáveis durante a primeira metade do ano e aumentassem durante a segunda metade do ano. O que, de fato, aconteceu. Mas as memórias DRAM voltaram a perder valor já no início de dezembro. Mas os grandes produtores como a Elpida Memory, a Powerchip Semiconductor e a Samsung Electronics mantiveram o fornecimento para continuarem competitivos. Uma maior capacidade de produção também contribuiu para baixar os preços, apesar de avisos sobre a possibilidade de problemas na obtenção de equipamento e a introdução de novas tecnologias de fabricação.

Os custos de memórias DRAM são geralmente passados ao consumidor e, neste ano, devem se tornar um fator mais importante no preço de PCs. Os produtores de equipamentos gastam normalmente 10%, ou 20 a 36 dólares do custo de fabricação de um PC, com a memória DRAM. Com estes chips mais baratos os fabricantes poderão oferecer computadores com maior desempenho sem aumentar preços, acrescentando mais memória. De acordo, com Helen Chiang, da IDC em Taipei, muitos fabricantes escolheram fazer descontos nos seus produtos.

A tendência do preço das memórias deverá manter-se no primeiro trimestre, e inverter-se caso a procura aumente no segundo, como se prevê, por razões sazonais.
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar