Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

USO COTIDIANO DA INTERNET JÁ ATRAVESSA TODAS AS FAIXAS ETÁRIAS, APONTA ESTUDO

17/12/2010 01:00:00

Embora os mais novos ainda predominem na Internet, já existem atividades online ? como e-mail e buscas na web ? nas quais a diferença entre as gerações é quase imperceptível. Essa é uma das conclusões do Generations 2010, relatório sobre uso de Internet por faixa etária elaborado nos Estados Unidos pela Pew Internet & American Life Project. O documento foi divulgado na quinta-feira (16/12).

O relatório combina diversos estudos realizados nos últimos anos com um levantamento feito em maio de 2010 para montar um retrato do uso da Internet entre as gerações Milênio (18 a 33 anos), X (34 a 45 anos), Young Boomers (46 a 55 anos), Older Boomers (56 a 64 anos), Silenciosa (65 a 73 anos) e GI (74 anos ou mais).

A geração que vive mais conectada é a Milênio: 95% dos jovens e adultos entre 18 e 33 anos estão online. A chamada Geração X, que compreende pessoas de 34 a 45 anos, tem índice de 86%, e a parcela mais jovem da geração Baby Boomer - os Young Boomers, com idade entre 46 e 55 -, 81%. A média é 79%.

Há, no entanto, distorções. Somadas, as gerações Milênio e X representam 49% da população adulta dos EUA, mas são 56% das pessoas que usam a Internet. Curiosamente, os Baby Boomers ? pessoas com idade entre 46 e 64 anos ? têm presença semelhante tanto no total da população adulta (34%) como no da presença online (33%).

Internet móvel
A pesquisa também revela que o uso de conexão móvel à Internet é mais popular entre os adultos das gerações Milênio e X. Entre os Milênios, por exemplo, a diferença entre os que usam banda larga em casa (81%) e os que navegam sem fio (82%) é de um ponto. Já entre os Young Boomers, a diferença é de 13 pontos ? enquanto 68% têm banda larga, 55% navegam sem fio.

Adolescentes entre 12 e 33 anos continuam a ser os usuários mais ativos da Internet: 73% dos adolescentes e 83% dos Milênios disseram usar redes sociais, por exemplo. Mas, em outras atividades, a Geração X e outras mais velhas predominam ? caso da visita a sites de governos e pesquisa sobre informações financeiras.

Nesse último item ? dados financeiros -, a geração mais ativa online (44%) é a chamada Geração Silenciosa, com idades entre 65 e 73 anos.

Em diversas atividades online, a distância entre as gerações tornou-se menor e, em alguns casos, inexistente. Caso do e-mail, que é usado por 73% dos adolescentes e por 90% da Geração Silenciosa. Outras atividades online que predominam em todas as faixas são o uso de sites de busca, pesquisa por informações médicas e leitura de notícias.

Notícias online
Para a Geração Milênio, aliás, a principal fonte de notícias é justamente o meio online ? 82% disseram se informar preferencialmente pela web. Na Geração X, esse índice é de 75%, menor que o da TV (78%) ? que, de resto, predomina entre todas as outras gerações. A presença do jornal impresso também cresce à medida que se caminha para as gerações mais velhas, de 39% entre os Milênios para 70% entre as pessoas com 74 anos ou mais.

Um fenômeno curioso foi percebido em relação ao uso de sites de redes sociais, aponta o estudo. Embora os jovens ainda predominem em sites como Facebook, MySpace e LinkedIn, os maiores aumentos no porcentual de utilização ocorreram entre os mais velhos. A geração G.I., com 74 anos ou mais, teve sua participação em redes sociais quadruplicada, de 4% em 2008 para 16% em 2010 .

Outra tendência confirmada é o declínio do blog. Em 2006, 28% dos adolescentes entre 12 e 17 anos disseram trabalhar em seus blogs; três anos depois, esse porcentual caiu para 14% - resultado, em parte, da incorporação das atualizações de status por sites de redes sociais, conclui o Pew Internet.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar