Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ATAQUES DE ROUBO DE DADOS E REDES ZUMBI CONTINUAM EM ALTA NA AL

08/12/2010 01:00:00

Em novembro, as botnets, conhecidas como ?redes zumbi?, foram o grande destaque em ameaças virtuais. O worm Koobface sofreu um forte golpe ao perder alguns de seus centros de comando, a partir dos quais são controlados computadores infectados através de links maliciosos em redes sociais. A rede Bredolab, desmantelada no dia 25 de outubro, ainda se mantém viva por meio de novas variantes de malware que estão infectando mais computadores.

Essas são alguns dos dados presentes no relatório mensal do Laboratório de Análise e Investigação de Ameaças da ESET América Latina referente a dezembro. A avaliação detectou também uma botnet de origem argentina. Neste caso, por meio de técnicas de engenharia social, a ameaça se propaga via mensagens instantâneas. Uma vez infectado, o sistema fica disponível aos comandos do administrador da rede zumbi.

Seguindo a tendência que se manifestou durante todo o ano de 2010, ainda em novembro foi detectado um forte aumento na propagação de malware regional, especialmente na América Latina. Ou seja, ataques que utilizam técnicas de engenharia social são direcionados a determinados países ou regiões. Caso de uma campanha de malware desenvolvida na Venezuela, que se propagava por mensagens de e-mail fazendo menção a uma suposta fraude nas eleições parlamentares.

Outros novos ataques de phishing foram registrados, com roubo de informação pessoal e financeira do usuário por meio do uso da imagem de empresas de confiança. Em um deles, o envio de um e-mail falso indicava ao usuário a possibilidade de concorrer a descontos e benefícios de três conhecidas bandeiras de cartão de crédito. O ataque foi direcionado a usuários do Brasil, já que a mensagem estava escrita em ?português brasileiro?.

Em outro dos casos de phishing em destaque neste mês, o usuário recebia um e-mail que informava sobre o bloqueio de sua conta bancária e solicitava sua ativação acessando assim informação confidencial. Este foi um ataque desenvolvido para atingir os chilenos, já que visava obter os dados de clientes de um importante banco do país.

?Devido ao aumento no desenvolvimento de malware regional, especialmente na América Latina, é importante que os usuários estejam cientes de adotar boas práticas de navegação pela Internet e mantenham-se informados sobre as ameaças?, avisa Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET no Brasil. ?Um usuário devidamente capacitado e bem informado em matéria de segurança tem menores possibilidades de ser vítima de um ataque informático e representa uma barreira para o circuito de propagação de qualquer tipo de ameaça?, completa.
 
 
 
Fonte: PcMAgazine

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar