Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PROGRAMA PERMITE QUE CELULARES COMUNS ACESSEM APLICATIVOS TÍPICOS DE SMARTPHONES

06/12/2010 01:00:00

Muita gente que ainda não aderiu à onda dos smartphones pensa que é impossível acessar uma conta no Twitter ou no Facebook por meio de seu aparelho móvel. Porém, para a alegria dos donos de celulares "comuns", existe um aplicativo capaz de fazer com que esse sonho se torne realidade.

Criado pela empresa de mesmo nome, o Snaptu tirou dos smartphones a exclusividade sobre certos aplicativos bastante populares, como os de redes sociais, do site de compartilhamento de fotos Picasa ou o jornal "The Guardian". Por meio dele, quase todas as plataformas móveis atualmente no mercado se aproximam dos cobiçados celulares inteligentes.
 

No terceiro trimestre de 2010, as vendas de smartphones cresceram 91% em relação ao mesmo período de 2009. Ainda assim, não chegaram à maioria da população mundial.

Já o Snaptu, nos últimos cinco meses, saltou de 2,5 milhões para 5,5 milhões de usuários ativos, um crescimento de 120%.

"Nosso objetivo é levar a experiência de internet móvel aos 4 bilhões de usuários que não possuem iPhones", afirma o vice-presidente de desenvolvimento de negócios, Lior Tal, cofundador da Snaptu.

Tal atribui o crescimento da empresa à sua integração com as redes sociais, que ajudam a disseminar o aplicativo. "Nosso principal canal de distribuição são as palavras dos próprios usuários", afirma o executivo.

Segundo ele, o segredo do aplicativo está na introdução de princípios da computação em nuvem à internet móvel. "Com o conteúdo armazenado na própria rede, é possível alcançar quase todos os aparelhos disponíveis atualmente sem a necessidade de múltiplas versões."

A própria instalação do Snaptu traduz essa simplicidade. Basta acessar, por meio do navegador do aparelho móvel, o endereço m.snaptu.com e selecionar Download Snaptu.

Depois de baixar o arquivo, aplicativos como o Facebook, o Twitter e o Picasa estarão acessíveis por meio do programa. Suas versões são limitadas em relação às tradicionais para celulares inteligentes, mas funcionam bem e não deixam a desejar.

O Snaptu foi traduzido para vários idiomas, incluindo o português.

REQUISITOS

Para que um celular possa rodar o Snaptu, é necessário que ele seja compatível com a plataforma Java e capaz de se conectar à internet.

Segundo a empresa, é possível que algum aparelho específico precise de pequenos ajustes ou configurações. Para orientação dos usuários, a companhia criou um fórum, e tem perfis no Faceboook e no Twitter, por meio dos quais também esclarece dúvidas e dá orientações.

RECEITA

O Snaptu não conta com qualquer conteúdo pago. A principal fonte de renda da empresa são os anúncios e os aplicativos patrocinados, segundo Lior Tal. Entretanto, isso pode mudar em um futuro próximo. "Teremos um modelo parecido com a App Store [loja virtual da Apple]", afirma ele.

O Snaptu já conta com a Snappstore, que traz apenas aplicativos gratuitos que podem ser adicionados ao menu principal. A lista inclui o Orkut, rede social mais popular no Brasil, a enciclopédia digital colaborativa Wikipédia e a rede britânica "BBC", além de games como Sudoku e do aplicativo do Gmail.
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar