Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

ALVO DE ATAQUES, WIKILEAKS MIGRA PARA O SERVIÇO DE HOSPEDAGEM DA AMAZON

30/11/2010 01:00:00

Depois dos diversos ataques de negação de serviço (DOS) que sofreu durante o fim de semana, o site WikiLeaks passou a ser hospedado por servidores da Amazon nos Estados Unidos e na Irlanda, revelam rastreamentos IP feitos nesta segunda-feira (29/11).

A mudança do WikiLeaks, organização que divulgou uma coleção de mais de 250 mil mensagens diplomáticas do Departamento de Estado para diversos jornais, ocorreu em resposta a diversos ataques DOS, afirmou Mikko Hypponen, pesquisador-chefe da empresa de antivírus F-Secure.

?O WikiLeaks mudou de host duas vezes nas últimas 12 horas?, disse Hypponen em entrevista concedida nesta segunda-feira. ?O site mudou do host francês que usou por algum tempo para a nuvem da Amazon... E um desses endereços IP aponta para os EUA.?

Um rastreio do WikiLeaks.org feito pela Computerworld mostrou que a URL do WikiLeaks era resolvida com pelo menos dois endereços de propriedade da Amazon, um na Irlanda e outro em Seattle, em Washington (EUA).

De acordo com Hypponen, um hacker que usa o nome ?The Jester? ? escrito como ?th3j35t3r? ? assumiu a responsabilidade pelos ataques contra o WikiLeaks. Em várias mensagens no Twitter, Jester disse ter lançado os ataques ?por causa da tentativa do WikiLeaks de colocar em perigo as vidas de nossas tropas, ?outros ativos? e as relações internacionais?.

Pode ser mesmo Jester, disse Hypponen. ?Ele assumiu a responsabilidade e, mais importante, demonstrou capacidade. Ele também parece ter um motivo.? O hacker ? que, acredita Hypponen, mora na Russia ? já disparou ataques de negação de serviço contra sites da jihad islâmica.

Em uma entrevista concedida em julho de 2010 ao site britânico Hack3r, Jester afirmou ser ?ex-mil?, ou ex-militar, e disse que sua missão é ?atrapalhar as iniciativas online dos jihadistas na Internet?.

A Amazon não respondeu imediatamente aos pedidos de detalhamento sobre a hospedagem do WikiLeaks por seus servidores.
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar