Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SUPERAR O XP, DESAFIO PARA O WINDOWS 7

04/11/2010 01:00:00

O Windows 7, lançado há pouco mais de um ano, já vendeu mais de 240 milhões de unidades - em média, sete unidades por segundo, segundo a Microsoft. Contudo, o sistema ainda terá que percorrer um longo caminho até superar o Windows XP, embora pareça caminhar na direção certa.

"Há atualmente 1,2 bilhão de PCs no mundo e o Windows 7 tem sido um fator chave para a recuperação das vendas de computadores. Segundo a empresa de pesquisas IDC, houve um crescimento de 4,15% na quantidade global de tais aparelhos em relação a 2009, sendo esperado um crescimento de 17% neste ano e a uma taxa de quase 13% em 2011", comentou a empresa em um post no blog Windows for your Business.

O chefe executivo de marketing da companhia, Rich Reynolds, ainda observou que o futuro poderá ser ótimo para a adoção do Windows 7. Uma pesquisa da Forrester aponta que o número de gerentes de TI implantando a plataforma aumentará em 83% durante o período de um ano.

Outro estudo da IDC conclui que 89% das instituições pretendem avançar com a migração para o Windows 7 durante os próximos dois anos, e que 64% já estão migrando ou tem planos de migram durante os próximos seis meses.

Uma coisa é certa: a Microsoft apreciará muito a saída dos usuários do Windows XP, como também as receitas e os lucros que seriam gerados com a venda de centenas de milhões de licenças do Win 7. Para isso, a instituição aposta em justificativas convincentes como redução de custos e ampliação da produtividade para conquistar a indústria.

"Já fizemos inúmeros estudos e chegamos à conclusão que em média se economiza 140 dólares por PC, por ano; a média de retorno sobre investimento (ROI) é de 131% em pouco mais de 12 meses", observou Reynolds.

O Windows 7 tem tido um bom primeiro ano. No entanto, é preciso analisar a sua participação durante esse mesmo período em 2011, quando ele completará dois anos nas lojas. Será que ele terá superado o Windows XP até lá?
 
 
 
Fonte: IDGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar