Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

EDIÇÃO DE VÍDEO ESTÁ MAIS FÁCIL E BARATA

01/11/2010 01:00:00

Nada de grandes estúdios, equipamentos caros ou profissionais renomados: a edição de vídeos está ficando cada vez mais barata e fácil --e pode ser feita em casa.

O primeiro passo é pensar no que se quer fazer. Tarefas simples como montar uma galeria de fotos com música não demandam programas profissionais e tempo. Já trabalhos mais complexos envolvem investimento financeiro e dedicação.

Cada software de edição de vídeos tem uma interface própria, mas a maioria compartilha a mesma estrutura.

Dentro do programa, a edição é chamada de projeto e conta com um depósito de arquivos, onde o usuário coloca os chamados clipes: vídeos, fotos, sons e outros (a esse processo é dado o nome de importação). Antes de importar os dados de câmeras ou de pen drives, é bom passá-los para o computador.

Assim que os arquivos de mídia são importados, o programa, de certa forma, os "xeroca". Portanto, deletar as fotos de uma festa no projeto não envia as originais para a lixeira --essa é a chamada edição não destrutiva.

Nos programas atuais, a edição também é não linear: qualquer parte de qualquer vídeo pode ser acessada a todo momento. Com os clipes no projeto, é hora de passá-los para a timeline (linha do tempo), mas não é preciso colocá-los em sua totalidade.

Na maioria dos programas, a timeline conta com vários canais, portanto é possível dispor uma foto e um vídeo no mesmo ponto do projeto, por exemplo. Para que um não se sobreponha ao outro, pode-se diminuir o tamanho de ambos: essa é a base de efeitos e transições, que dinamizam o vídeo.

Para se aprofundar, além de cursos, há livros físicos e virtuais, mas nada melhor para adquirir técnica e repertório do que imergir no mundo audiovisual. O YouTube é um ótimo repositório de tutoriais --basta procurar o nome do programa e a palavra "tutorial".
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar