Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

JUIZ OBRIGA GOOGLE A REVELAR IDENTIDADE DE PRATICANTES DE CIBERBULLYING NOS EUA

19/10/2010 01:00:00

Um juiz da Corte Suprema da cidade de Nova York deu ao Google 15 dias para revelar a identidade de usuários que deixaram comentários difamatórios no YouTube contra uma ex-modelo. Segundo informações do site ?The Next Web?, trata-se de um caso de cyberbulling contra Carla Franklin, formada em Biologia e que cursou mestrado em Administração de Empresas na Columbia Business School.

Carla entrou com uma ação contra o Google em julho deste ano para que fosse revelada a identidade de supostamente três usuários que utilizam os apelidos "JoeBoomo8," "jimmyJeanoo8" e "greyspector09. Entre os comentários, Carla foi xingada de "prostituta", além de terem sido publicados vídeos de um filme independente no qual ela atuou.

Nos Estados Unidos, é a primeira vez que uma ordem judicial determina que o YouTube revele a identidade de usuários, o que pode abrir outros precedentes.

Em nota divulgada à imprensa, Carla afirma que sofre desde 2006 com ?o assédio e o comportamento obsessivo? de uma pessoa conhecida. ?Em 2009, a perseguição passou da vida real para a online. Uma conta anônima foi criada para fazer um canal no YouTube dedicado a vídeos meus?, disse na nota. A ação contra o Google tem como objetivo confirmar a identidade dessa pessoa.

Se determinada a identidade dos "usuários", os advogados de Carla pretendem processá-los por ?humilhação pessoal, angústia mental e danos à reputação?.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar