Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

GVT ATINGE 1 MILHÃO DE CLIENTES E SE PREPARA PARA LANÇAR PORTAL COM A UNIVERSAL MUSIC

11/10/2010

Com atuação em 93 cidades do Sul, Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste do país _ entre elas Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Belo Horizonte, Vitória, Brasília, Goiânia, Salvador, Recife, Fortaleza, João Pessoa e mais recentemente Niterói, Jundiaí e Sorocaba _ com ofertas avançadas de telefonia fixa e Internet banda larga de alta velocidade no varejo, para residências, a GVT se prepara sua entrada na área de conteúdo através de um portal com conteúdo da Universal Music, empresa do grupo Vivendi, que este ano assumiu o controle acionário da operadora brasileira. "Será um portal para consumo streaming de áudio e vídeo, gratuito para os 1 milhão de usuários da GVT", diz Ricardo Sanfelice, diretor de Marketing e Produtos da GVT.

Segundo ele, 60% desse 1 milhão de usuários da GVT navegam a velocidades de 10Mbps ou acima. "Posso te assegurar que, entre esse 60%, 80% são clientes do serviço ADSL de 10Mbps. É o nosso campeão de vendas", explica. E entre eles, cresce a demanda por vídeo e áudio streaming. "Mais do que download e upload de conteúdo multimídia, o que eles mais consomem é áudio e vídeo streaming", afirma o executivo. E olha que as velocidades de upload da GVT estão entre as maiores do mercado (média de 1Mpbs, no serviço de 10Mbps).

Esse perfil de consumo anima a empresa a lança, "até o fim do ano", segundo Sanfelice, um portal de conteúdo em parceria com a Universal Music. Pergunto se será o lançamento da GVT no Futurecom, maior evento do setor de telecomunicações da América Latina, que acontece no fim do mês de outubro, em São Paulo. Sanfelice desconversa. Apesar de, em julho, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, Amos Genish, presidente da GVT, já ter adiantado os planos de lançamento de um produto inovador, em outubro, em parceria com a Universal. A descrição do serviço feita por Genish bate com detalhes informados por Sanfelice: cliente de banda larga da operadora terá acesso gratuito a áudio e vídeos, incluindo shows ao vivo e também chats com os artistas.

"Banda larga não é nada se não tiver conteúdo e serviço. A GVT quer migrar para o smart pipe", diz Sanfelice. Isso inclui ofertas diferenciadas também para pequenas e médias empresas, integrantes do chamado mercado Soho, onde já atua em grandes centros urbanos como Rio de Janeiro e São Paulo.

Expansão

A GVT está investindo 300 milhões de reais para disputar o mercado de usuários residenciais da cidade do Rio de Janeiro, região onde a tele já atuava atendendo o segmento corporativo. O pré-lançamento da operação para explorar o clientes finais na capital fluminense foi anunciado no fim de setembro. E a previsão da companhia é de que os serviços estejam disponíveis entre dezembro deste ano e o início de 2011. Hoje, a empresa já atende o varejo na cidade de Niterói.

Outra praça onde a GVT pretende operar no varejo, em 2011, é a capital paulista. Em agosto passado, a operadora GVT iniciou a oferta de telefonia fixa para os clientes domésticos do estado de São Paulo, a partir das cidades de Sorocaba e Jundiaí. A iniciativa, que representa o primeiro passo da expansão da companhia no Estado, no qual deve concorrer com a Telefônica, exigiu investimentos de 40 milhões de reais.

A empresa também pretende entrar em breve na área de televisão por assinatura, considerada uma das prioridades da empresa para 2011, juntamente com sua expansão para o mercado paulista e fluminense.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar