Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SPAMMER QUE ATUAVA NO FACEBOOK É MULTADO EM QUASE US$ 1 BI

07/10/2010

Um tribunal da cidade canadense de Quebec condenou um spammer local a pagar 873 milhões de dólares (ou 1,069 bilhão de dólares canadenses) como multa pelo envio massivo de spams usando o Facebook.

Adam Guerbuez enviou mais de quatro milhões de spams usando a rede social. As mensagens traziam sugestões de aumento peniano, venda de maconha e pornografia. Esta foi a maior multa aplicada nos termos da legislação antispam praticada pelos EUA.

A pena foi confirmada pela juíza Lucie Fournier no dia 28 de setembro. Além da multa milionária, Guerbez também está proibido de usar o Facebook. No entanto, o canadense afirmou que não vai pagar um centavo deste valor. Isso porque ele entrou com um pedido de falência para evitar a execução do veredito e ainda espera converter sua notoriedade em um livro ou filme.

Guerbez também quer potencializar sua fama depois do julgamento. Em seu blog, ele publicou diversas fotos suas em Las Vegas e Bervely Hills, além de imagens jantando em restaurantes caros em Montreal. Além disso, há em seu site um vídeo mostrando um trofeu com um holograma de sua cabeça nele, além de um post promovendo sua inclusão no Guinness ? o Livro do Recordes , como o spammer a receber a maior multa da história.

Em seus arquivos junto à corte, o Facebook disse que Guerbuez roubava senhas através de ataques phishing e usou uma botnet para acessar contas no Facebook sem autorização. Caso isso seja comprovado, a rede social poderá mover uma ação criminal contra Guerbez.

O Facebook pediu ao tribunal canadense para confirmar a pena emitida pelos EUA contra Guerbuez depois que ele não conseguiu se defender das acusações na Corte Distrital dos EUA para o Distrito Norte da Califórnia.

A companhia disse na última terça-feira (05/10) que estava revisando a decisão canadense, mas apresentou uma declaração dque dizia: "Estamos confiantes que a decisão anterior funcionará como um poderoso dissuasor contra aqueles que abusam do Facebook".
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar