Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

AÇÕES DA MICROSOFT CAEM APÓS GOLDMAN SACHS REDUZIR RECOMENDAÇÃO

05/10/2010

As ações da Microsoft caíam mais de 2% nesta segunda-feira depois que o Goldman Sachs reduziu recomendação para "neutra", citando receios de uma recuperação lenta nas vendas de PCs e a ameaça dos computadores tablet, que não usam Windows.

O Goldman disse que o ciclo de renovação de computadores, que muitos esperavam fosse elevar a demanda este ano pelos produtos da Microsoft, agora parece "mais prolongado".

Segundo o banco, os problemas da Microsoft não são "somente as questões deste ano", afirmando que a receita e a confiança do investidores seguirão pressionadas até que maior produtora mundial de software ganhe terreno firme em smartphones e tablets.

A Microsoft deve lançar o sistema operacional Windows Phone 7, voltado a smartphones, em 11 de outubro. Mas o Goldman não prevê grande impulso para a companhia este ano, com o iPad e iPhone, da Apple, e o Android, do Google, já bem estabelecidos.

O banco reduziu sua previsão de preço para as ações da Microsoft de US$ 32 para US$ 28, um corte de 12,5%.

A ação da empresa caía 2,4%, para US$ 23,8, ampliando para 23% as perdas do papel ante o pico de abril.

O Goldman recomendou ainda uma elevação nos dividendos da Microsoft para além do aumento recente de 23%.

"Acreditamos que isso possa abrir as portas para uma base maior de investidores e manter a empresa mais diligente sob uma perspectiva de investimento", disse o Goldman.
 
 
 
 
Fonte: Folha

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar