Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

BLEKKO ? UM BUSCADOR PARA PROFISSIONAIS DE SEO E AMANTES DO SEARCH

05/10/2010

Hoje vamos matar dois tiranossauros de uma vez. Os resultados indesejados e as dúvidas de que maneira você pode otimizar seu conteúdo de maneira a deixar a escolha de exibição de seu conteúdo nas Serps (páginas de resultados de mecanismo de busca como Blekko, o ?.

Quem? Blekko?

Sim. Blekko é um buscador, e ele é uma mão na roda para comunidade de SEO. Ainda está em fase Beta (testes) e para usar é preciso ter uma conta e uma senha.

Quer uma conta para usar o Blekko? Informe seu email:

" type=button>

blekko-header

O que tem de diferente?

As buscas feitas no site de Rich Skrenta e de Mike Markson, trazem informações importantes para quem trabalha com internet e se preocupa com tráfego e com SEO. No rodapé de cada snippet (as linhas de texto que descrevem o assunto das páginas) vem o item SEO. Cada visitante que clicar nesse link é levado para outra página em que são exibidos os inbound links (links de entrada) que essa URL recebe de outros sites, quantos links estão disponíveis e mais uma infinidade de informações. Dá uma olhada nesse gráfico, apresentado para a URL idgnow.com.br:

Links de entrada Blekko

Entender direito como usar esse mecanismo requer dedicação. Na SERP está indicado que o perdigueiro digital foi beber na base de resultados do Yahoo. Isso pode denotar uma herança de supostos algoritmos do Y! que está recebendo a visita do BingBot ? robô da MS desde 1/10.

As Slash Tags

Personalize os resultados no Blekko. Defina em uma página as variáveis que devem ser obedecidas na hora de mostrar os links. Para cada tipo de site que você quiser encontrar, cabe preencher os campos e dar um nome único à Slash Tag (filtro). Algumas são universais, como caso de /news, que vai priorizar páginas de veículos de notícias, ou adicione /shopping e encontre ofertas. As slash tags de cada conta são salvas, e, se você quiser, pode realizar pesquisas com mais de uma por vez.

Isso é só um gostinho do que o mecanismo de buscas oferece. No próprio ambiente do Blekko é possível visualizar o código-fonte e realizar comparações entre quatro URLs distintas.

Impressão

Configurar todas as slash tags e ensinar o buscador a trazer resultados sem perder conteúdo interessante e filtrar o que o usuário considere spam  é uma manobra trabalhosa. Os números que o Blekko apresenta são muito diferentes dos apurados com outras ferramentas de analytics e plugins. Um usuário comum não tem porquê usar esse sistema no Brasil. Possivelmente ele seja implementado de forma oficial com vistas a atender primoridalmente a web nos EUA e, posteriormente galgar as redes de outros países.

Em um ambiente do qual ainda não se conhece o modelo de negócios a personalização e os recursos despertam interesse e desconfiança. Mas nada melhor do que usar o Blekko para formar uma opinião sobre esse Mr. Estranho.
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar