Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

MCT DESTINA R$ 5,5 MI A PROJETOS DE INCLUSÃO DIGITAL E SOCIAL

27/09/2010

Um edital do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), por meio de sua Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT), vai selecionar projetos inovadores que tenham como suporte as redes informacionais e as tecnologias de informação e comunicação. A entidade tem 5,5 milhões de reais em caixa para custear propostas no valor máximo de máximo de 68,7 mil reais, com prazo máximo de execução em 12 meses.

Os projetos devem contribuir para a inclusão digital e social e para o desenvolvimento sustentável local, por meio da disseminação e da transferência de tecnologia em contextos comunitários. As propostas devem estar claramente caracterizadas como projeto de extensão inovadora em uma das áreas temáticas principais: Comunicação; Cultura; Direitos Humanos e Justiça; Educação; Meio Ambiente; Saúde; Tecnologia e Produção; e Trabalho.

O proponente deve ser professor de Instituição de Ensino Superior (IES) pública ou privada, sem fins lucrativos, ter currículo cadastrado na Plataforma Lattes e ainda ter vínculo celetista ou estatutário com a instituição de execução do projeto. O pesquisador aposentado pode apresentar projeto desde que comprove manter atividades acadêmico-científicas e apresente declaração da instituição de pesquisa ou de pesquisa e ensino concordando com a execução do projeto. O projeto não pode ter duração superior a 24 meses.

A Instituição de Execução do Projeto ou a Instituição Parceira deverão garantir a disponibilidade, no período de execução do projeto, de espaço físico com a estrutura de Unidade de Inclusão Digital (UID); condições mínimas de habitabilidade, segurança, acessibilidade e conforto ambiental nos espaços de execução do projeto; serviços de conexão à Internet de maneira a atender a demanda do projeto; que a atividade seja de uso público e gratuito; que as condutas no âmbito do projeto sejam laicas, apartidárias e sem fins lucrativos; e que o atendimento ao público na UID seja realizado em jornadas semanais mínimas de 40 horas.

As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq, exclusivamente via Internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online , disponível na Plataforma Carlos Chagas, até 20 de outubro.

Para ter acesso ao edital, entre em www.cnpq.br/editais/ct/2010/049.htm.
 
 
 
 
Fonte: Computerworld

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar