Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

SEGA PEDE DESCULPAS PELOS CORTES NA VERSÃO OCIDENTAL DE ´YAKUZA 3´

22/09/2010

O produtor da Sega responsável pelo jogo exclusivo de PlayStation 3 "Yakuza 3", Masayoshi Kikuchi, pede desculpas aos jogadores após cortar conteúdos da versão ocidental do jogo de ação com trama inspirada na máfia japonesa.

Em entrevista ao site Digital Spy, Kikuchi disse que sua equipe chegou a debater o real interesse dos jogadores em colocar ou não algumas funcionalidades que ficaram de fora, como o mini game de perguntas e respostas no Hostess Club (um tipo de clube de acompanhantes) e que após optarem por removê-lo, viram que fizeram a escolha errada.

"Nós fizemos o que acreditávamos ser o ideal para o mercado ocidental, mas logo após o jogo ser lançado, recebemos uma grande quantidade de respostas dos consumidores reclamando da nossa decisão e pedindo pelo conteúdo completo visto na versão original japonesa" explica o produtor, que complementa "Foi uma grande surpresa para nós. Eu realmente peço para que as pessoas esperem sempre mais, mas ao mesmo tempo, peço desculpas aos fãs que se sentiram lesados ao se depararem com o conteúdo removido".

Sendo assim, Kikuchi acredita que tais erros não serão repetidos, tanto que os Hostess Bar estão confirmados na versão ocidental de "Yakuza 4". Tais clubes fazem parte da cultura japonesa e são locais onde homens e mulheres de negócios vão relaxar após o trabalho, geralmente na companhia de pessoas do sexo oposto. Ao cortar, a Sega acreditou que tal conteúdo não seria interessante para o consumidor de outros países.

Máfia japonesa

"Yakuza 3" é sequência direta de "Yakuza 2" - existe um episódio paralelo, "Yakuza Kenzan", ambientado na era dos samurais -, e que foi lançado no mercado japonês em 26 de fevereiro de 2009. O estilo do jogo segue os antecessores para o PlayStation 2: na pele do ex-mafioso Kazuma Kiryu, o jogador se envolve numa trama de corrupção e traição. O bairro boêmio de Kamuro retorna, mas, agora, também é possível ir até Okinawa, a província mais "tropical" do Japão.
Já "Yakuza 4" conta com a participação de atores famosos como dubladores (Hiroki Narimiya e Kenta Kiritani), além de músicos de renome nas composições. Nessa versão, o personagem principal Kazuma Kiryu recebe a ajuda de Masayoshi Tanimura, Shun Akiyama e Taiga Saejima, todos bons de briga. Cada um deles possui sua própria narrativa e uma história que carrega uma conexão com o clã mafioso Tojo. O game já vendeu 560 mil unidades desde seu lançamento no Japão - onde é batizado de "Ryu ga Gotoku 4" e tem previsão de lançamento nos Estados Unidos para o segundo quadrimestre de 2011.

Confira a videoanálise de "Yakuza 3"

 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar