Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

INTEL ANUNCIA LANÇAMENTO DO SANDY BRIDGE

10/09/2010

A Intel anunciou o lançamento do Sandy Bridge, nova arquitetura que conta com processo de fabricação de 32 nanômetros e aprofunda ainda mais a integração do processamento gráfico, movendo as funções anteriormente localizadas no chipset para dentro do processador. O modelo chega ao mercado em 2011.

A arquitetura Sandy Bridge vai integrar tecnologias e vantagens adicionais, com o objetivo de unir desempenho, conectividade e economia ? como a tecnologia Intel Wireless Display, que permite o envio de vídeos e imagens do PC para a TV sem o uso de cabos.

Games
Embora existam notebooks voltados específicos para os aficionados por jogos, são em geral maiores e mais pesados do que seus pares mais simples. Por contarem com um processador gráfico dedicado, os notebooks para games também aquecem mais e possuem menor autonomia de bateria.

A Intel quer reverter este cenário com o lançamento da Sandy Bridge. Os novos processadores da Intel integram o processamento gráfico dentro do próprio processador, em um movimento que reduz os custos, permite máquinas menores e mais finas, e entrega potência gráfica o suficiente para a maioria dos games e também para aplicações altamente visuais e filmes 3D.
Com o lançamento, a companhia segue a tendência da próxima geração de PCs: máquinas apropriadas para Blu-ray, 3D estereoscópico e alta definição.

O advento do 3D estereoscópico, o Blu-Ray e novas modalidades de serviços online apontam cada vez mais para a necessidade de mais poder de processamento gráfico por parte dos desktops e notebooks. A Intel prepara o lançamento de uma segunda geração de processadores com esta característica. A nova arquitetura permitirá a criação de notebooks mais finos, leves e com mais autonomia de bateria, inclusive para os gamers.

A companhia garante que a inovação promete mexer com a indústria, já que analistas esperam que esta integração leve a uma queda de demanda por chips de processamento gráfico dedicados, que passarão a ser vantajosas apenas para um nicho bem específico dos usuários de PC. Segundo a consultoria iSupply, ?quatro entre cada cinco notebooks vendidos em todo o mundo em 2014 utilizarão microprocessadores com gráficos habilitados, contra um entre cada três em 2010, já que os fabricantes de computadores buscam oferecer produtos menores e mais inovadores.? 
 
 
Fonte: PcMagazine

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar