Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

´DESBLOQUEADOR´ DO PS3 EM CÓDIGO ABERTO JÁ ESTÁ DISPONÍVEL, DIZ SITE

03/09/2010

Poucos dias após o anúncio do PSJailbreak, acessório que combina um dispositivo USB e software que permite guardar e acessar dados de jogos em memórias externas como discos rígidos e pendrives, os ciberpiratas não demoraram para oferecer uma solução alternativa com código aberto do acessório, segundo o site Eurogamer.

Intitulado de PSGroove, a solução é um código capaz de reproduzir a mesma funcionalidade do PSJailbreak, sem a necessidade de pagar US$ 150 no controlador USB proprietário do acessório, mas utilizar alguns controladores mais baratos que custam cerca de US$ 25.

A princípio, os desenvolvedores do PSGroove desativaram o suporte ao Backup Manager, que permite rodar jogos piratas, então o programa seria utilizado apenas para rodar jogos e aplicativos caseiros, mas como o código é aberto, outros programadores já estudam a possibilidade de incluir a funcionalidade de rodar cópias ilegais de jogos.

O processo de uso do PSGroove no PlayStation 3 é idêntico ao PSJailbreak, ou seja, basta espetar o controlador com o videogame desligado e em seguida ligar o console. Os tipos de controladores USB compatíveis estão rodando a internet e podem ser facilmente encontrados para venda a partir de US$ 25. A Sony ainda não se pronunciou a respeito.

Quebrando o sistema

Revelado pelo site Eurogamer em 19 de agosto, o PSJailbreak roda em qualquer porta USB do console e permite copiar ou reproduzir qualquer tipo de código de jogo mesmo que o console esteja atualizado com a última versão do sistema.

Para funcionar, o programa necessita que um jogo original esteja inserido no leitor de Blu-ray do console. Dessa forma, é possível rodar qualquer game que esteja armazenado em um dispositivo externo. O processo todo é mostrado em vídeo divulgado na internet que mostra jogos recentes instalados em um dispositivo externo, como "God of War III", "InFamous" e "Ratchet & Clank: Tools of Destruction".

Segundo os criadores, o aparato não apresenta problemas caso o jogador queira participar de partidas online, mas informam que os usuários interessados não devem atualizar o sistema do PlayStation 3.

Tentativas

Essa não é a primeira vez que um hacker consegue furar a segurança do PlayStation 3. No início do ano, George Hotz, que também foi responsável pela quebra da proteção do iPhone, disponibilizou em seu blog dados mostrando meios para acessar a memória do console e modificar alguns pontos primordiais do sistema do console.

Como resultado de seu progresso, o jovem conseguiu instalar o sistema operacional Linux no PlayStation 3 com acesso total ao sistema interno do console. Mesmo com uma atualização oficial que retirou a opção de instalação deste sistema no console, o hacker conseguiu alterar novamente o "firmware" para adicionar um segundo sistema operacional.

Possível modificação do PlayStation 3 em funcionamento

 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar