Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

E-READERS TAMBÉM AGRIDEM O MEIO-AMBIENTE, DIZ ESTUDO

26/08/2010

Como o aumento nas vendas de leitores digitais como iPad, da Apple, e o Kindle, da Amazon, fica a dúvida, será que tais aparelhos são melhores para o meio ambiente que os tradicionais livros impressos? 

Pensando nisso, a empresa de consultoria ambiental Cleantech Group analisou o consumo de dióxido de carbono durante os processos de produção, transporte e reciclagem/eliminação.

Dióxido de carbono

Segundo o estudo, publicado nesta quarta pelo jornal The Washington Post, calcula-se que um único livro produza o equivalente a 7,5 kg de dióxido de carbono. Em contrapartida, a estimativa da companhia é que o iPad produza o equivalente a 130kg dióxido de carbono durante o seu tempo de vida. O Kindle, da Amazon, alcançou a marca de 168kg. 

"Se pudermos confiar nesses números, o iPad paga as suas emissões de CO2 por volta do 18º livro. Já com o Kindle, aproximadamente no 23º livro?, escreveu o jornalista Brian Palmer, do jornal The Washington Post.

"A Forrester Research estima que o usuário compre em média três livros por mês. Nessa taxa, você poderia compensar o consumo de CO2 do iPad em apenas seis meses", acrescentou ele.

Consumo de água

Com relação ao consumo de água, uma outra reportagem do The New York Times relata que são usados 26,5 litros para produzir um livro impresso, em comparação com "menos de dois copos de água" para um típico livro digital. No entanto, o jornal ressaltou que 299 litros de água são necessários para produzir um leitor digital. 

Apesar das credenciais verdes promovidas por empresas como a Apple e a Amazon quando se trata de produtos químicos tóxicos, tanto os livros tradicionais como os leitores digitais não estão livres de potenciais riscos.

"Leitores eletrônicos ainda exigem a mineração de materiais não-renováveis, como a columbita-tantalita, como também das baterias de lítio. Já os livros impressos ficam livres destes compostos orgânicos voláteis", completou ele.

O artigo completo de Brian Palmer podem ser encontrado aqui.
 
 
 
 
Fonte: IDgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar