Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

KASPERSKY LANÇA VERSÕES 2011 DE SEUS SOFTWARES DE SEGURANÇA

25/08/2010

A empresa de segurança online Kaspersky Lab lançou nesta terça (24) a versão 2011 do Kaspersky Internet Security (KIS), sua suíte de segurança, e do KAV, seu antivírus.

Em relação à versão anterior, algumas novidades. A principal é um novo widget para Windows, que centraliza o controle do produto e permite a análise de um arquivo pelo método de arrastar-soltar.

A interface não passou por alterações radicais, mas ficou mais simples de usar, disse Claudio Martinelli, gerente de vendas para varejo.

Além disso, o produto ficou mais rápido, disse o executivo, sem falar sobre números. "Ele pode rodar até em um netbook", afirmou.

No KIS, um dos recursos que ganhou mais destaque é o controle parental. "É a nossa cereja do bolo", disse o executivo. A ferramenta permite controlar horários de uso do micro, de aplicativos e da navegação na web. Ela também monitora o que foi visto, digitado e baixado naquela máquina, e até impede que dados pessoais sejam enviados, seja por qual programa for.

Uma ferramenta interessante é a "Área de Trabalho Segura", que permite a execução de programas (como anexos de e-mail) e sites suspeitos sem colocar o computador em risco ? é uma tecnologia conhecida como sandbox (caixa de areia).

Outra novidade é um filtro que impede o acesso a domínios em outros línguas, como chinês, por exemplo. Outro recurso, o System Watcher, monitora a versão dos aplicativos instalados no micro e aponta se há falhas graves e atualizações disponíveis para eles.

O produto traz um sistema que protege contra o roubo de identidade. O usuário pode cadastrar que dados devem ser protegidos contra o envio, como endereço, CPF e cartão de crédito, por exemplo. Caso alguém tente enviar essas informações, por e-mail, via messenger ou em um formulário, o KIS dá um alerta e pede confirmação. Também é possível usar um teclado virtual independente do navegador, que não pode ser rastreado por vírus keyloggers (que gravam tudo o que é digitado no PC), para inserir dados.  

Um ponto enfatizado por Martinelli é a quantidade de atualizações ? em média, uma por hora. "Isso torna os updates mais leves", afirmou. 

Parte da proteção também reside na chamada "nuvem". Tanto o KIS e o KAV usam os recursos da Kaspersky Security Network, a rede global da empresa. Assim que uma ameaça é detectada em qualquer ponto da web, o arquivo é analisado e, se for malicioso, o aviso é despachado para todos os usuários no mundo. Isso vale também para domínios de phishing ou que estejam servindo malware, explicou o executivo.

Os produtos chegam no varejo em 15 de setembro, mas já estão disponíveis no site da empresa no país, por meio de download. Os preços começam em 60 reais (KAV, um usuário) e 100 reais (KIS, um usuário). Também é possível baixar uma versão de teste, que funciona por 30 dias.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow
 

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar