Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

FALTAM LÍDERES CAPACITADOS NO MERCADO DE TI

30/07/2010

No mercado de tecnologia da informação, muitas empresaserram ao não dar a devida atenção a um requisito fundamental para o clima organizacional: preparar os líderes de forma adequada. O alerta é do CEO da consultoria Great Place to Work no Brasil, Ruy Shiozawa.

A partir dos dados colhidos na pesquisa das 70 Melhores Empresas para Trabalhar em TI e Telecom - promovida pela Computerworld e Great Place to Work -, Shiozawa aponta que existe uma falta de capacitação de muitos líderes. "O que se reflete no fato de que, nas mesmas empresas, os departamentos tiveram resultados muitos diferentes em relação à satisfação dos funcionários", relata o CEO, que explica: "Pois o sucesso das políticas de gestão [das pessoas] depende muito de como os líderes as conduzem dentro da equipe."

O próprio momento de aceleração da economia favorece essa falha na capacitação das lideranças. Já que a rápida expansão das corporações leva muitas delas a promover executivos técnicos para posições de gestão, mas sem capacitá-los devidamente ao cargo e sem apoiá-los no dia-a-dia. O que representa um erro, na visão de Shiozawa, ao apontar que essa situação tende a minar o clima e o desempenho das equipes.

A diretora-geral da consultoria em recursos humanos Right Management no Brasil, Elaine Saad, aponta que os problemas de liderança nas organizações começam por uma confusão de atributos entre gestores e líderes. No primeiro caso, Elaine coloca os profissionais com capacidade para supervisionar e conduzir as equipes."Já o líder é aquela pessoa que se responsabiliza pelo desenvolvimento dos funcionários e sabe usar suas competências para fazê-los evoluir", analisa a especialista.

Ainda de acordo com Elaine, as empresas mais bem-sucedidas em relação ao desempenho de suas lideranças são aquelas que apresentam políticas estruturadas para formação e acompanhamento desses profissionais. A Serasa Experian ­ um dos maiores bureaus de crédito do mundo ­ está entre os exemplos de organizações que aderiram a esse modelo.

 
 
Fonte: CIO

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar