Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

NOVO BLACKBERRY PODE ATRAIR MAIS ATENÇÃO QUE RESULTADO DA RIM

23/06/2010

Os investidores da Research in Motion querem saber uma coisa acima de todas quando a fabricante do BlackBerry anunciar resultados trimestrais esta semana: Quando o matador de iPhone que a RIM vem prometendo chegará ao mercado?

O forte crescimento no lucro e as vendas sólidas de mais de 11 milhões de aparelhos não devem causar grande impacto. Ambos os desempenhos são esperados, bem como novos declínios nos preços médios, com a ampliação nas vendas internacionais dos modelos de valor mais baixo.

A participação da RIM no lucrativo mercado da América do Norte, enquanto isso, deve ter caído ainda mais diante do iPhone e uma série de celulares inteligentes equipados com o sistema operacional Google Android.

É aí que entra o BlackBerry 9800. O modelo com tela sensível a toques aparentemente conta com um teclado deslizante completo, bem como com um novo sistema operacional e um browser reformulado.

Os analistas afirmam que o novo aparelho, cujo nome deve ser BlackBerry Torch, precisa reanimar a posição abalada da RIM na América do Norte e a ajudar a empresa reconquistar terreno.

"As expectativas são de que desejem levar um produto novo ao mercado a tempo para as vendas de setembro, porque é nesse mês que surgem as vendas de volta às aulas e o mercado consumidor volta com força", disse Nick Agostino, analista da Mackie Research Capital.

Mais detalhes sobre o cronograma de lançamento não poderiam vir em momento melhor para os acionistas da RIM. A Motorola está pronta para lançar o modelo Droid X, na quarta-feira, enquanto o iPhone 4, da Apple, que já registra nível recorde de pré-encomendas, chega às lojas também esta semana.

Enquanto as ações da Apple subiram mais de 90 por cento nos 12 últimos meses, as da RIM caíram quase 30 por cento, devido à perda de mercado do BlackBerry diante de seus rivais na América do Norte.

As vendas da RIM fora dos EUA vêm crescendo com firmeza, mas boa parte delas envolvem modelos de preço mais baixo, o que afeta o preço médio de venda da companhia. A empresa também vem enfrentando mais concorrência no antes seguro mercado empresarial, porque algumas companhias estão permitindo que seus funcionários troquem o BlackBerry por celulares inteligentes de outros fabricantes.
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar