Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

HACKER É PRESO EM FLAGRANTE POR EXTORSÃO A BANCO EM SÃO PAULO

08/06/2010

Um hacker de 24 anos foi preso na quinta-feira (3/6), em São Paulo, acusado de extorquir um banco de investimentos. A prisão foi divulgada pela polícia no domingo (6/6).

Em 31 de maio, o acusado João Sperandio Neto, de 24 anos, entrou em contato com o banco, por e-mail, dizendo ter invadido os sistemas e obtido dados sigilosos.

Em 1.º de junho, fez outro contato, quando ficou combinado um encontro no feriado de 3/6, na própria sede do banco, na região da Avenida Paulista. Com ajuda da Delegacia de Repressão a Delitos Cometidos por Meios Eletrônicos da Polícia Civil de São Paulo, o rapaz foi preso em flagrante.

"Ele passou uma mensagem, assinando com outro nome, dizendo que tinha quebrado o sistema de segurança do banco, que possuía a senha dos diretores, e que tinha a solução para isso", explicou o delegado Massilon Bernardes Filho. "No dia seguinte ele passou outra mensagem, com outro nome, dizendo que ele conhecia o hacker e que ele tinha pedido 2 milhões, mas poderia fazer o serviço por 500 mil. Depois, por telefone, ele aceitou um encontro com a diretoria do banco, compareceu e foi preso."

O delegado conta que Sperandio Neto já tinha antecedentes criminais. Em 2008, ele havia sido indiciado por furto qualificado e formação de quadrilha, justamente por desviar dinheiro de contas bancárias, mas respondeu ao processo em liberdade. "Apesar de haver um processo em andamento, ele fez um acordo com o banco", disse Bernardes.

A polícia não revelou o nome do banco. Sperandio Neto foi acusado de crime de extorsão. Se condenado, poderá cumprir pena de quatro a 10 anos.
 
 
 
 
Fonte: IdGNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar