Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

PEDÓFILO USOU FACEBOOK E BEBO PARA ABUSAR DE QUASE MIL CRIANÇAS E ADOLESCENTES

31/05/2010

Um carteiro inglês usou as redes sociais Facebook e o Bebo para atrair menores de idade e depois abusar deles sexualmente. O número de vítimas pode chegar a quase mil, segundo a polícia de Truro Crown, na Inglaterra. As informações são do Mail Online.

Michael Willians criou ao menos oito perfis falsos e tinha como alvo crianças e adolescentes que ele conhecia em três empregos que mantinha ? carteiro, taxista e secretário do clube de futebol local.

  • Reprodução/Mail Online

    A polícia já identificou cerca de 500 vítimas de Willians, mas acredita que o número pode chegar a mil crianças e adolescentes abusados

Ele tingiu seus cabelos com diferentes cores para esconder sua identidade e fingia ser um menino chamado ?James? e uma adolescente com apelido de ?Gorgeus Charlie? para encontrar crianças e adolescentes entre 11 e 16 anos.

Enquanto conversava com as vítimas pela internet, Willians começava a se masturbar diante da webcam. Outras vítimas foram convencidas a se encontrar com o pedófilo em parques, praias e até mesmo na casa do criminoso, onde eram abusadas sexualmente.

Acusações

Willians passa por 27 acusações na Corte de Truro Crown, incluindo aliciamento, relações sexuais com crianças e incitação de crianças a atos sexuais. Ele foi detido sob custódia para exames psiquiátricos e será sentenciado em breve.

A polícia identificou cerca de 500 vítimas, mas acredita que o número pode chegar a mil crianças e adolescentes abusados.

?Alguns procedimentos simples poderiam ter salvo essas crianças. Havia grandes chances de que uma das vítimas usasse o ?botão do pânico? [link adotado em algumas redes sociais para denúncias de comportamento abusivo], informando imediatamente o Ceop [Child Exploitation and Online Protection], que então teria nos alertado?, declarou Simon Snell, detetive em Truro Crown.

Uma porta-voz do Facebook afirmou que estava ?profundamente consternada? com o caso e disse que novas medidas de segurança na rede estão sendo instaladas. Em março deste ano, o Facebook descartou o uso do ?botão do pânico? em suas páginas, o que poderia ajudar usuários a denunciar suspeitos de pedofilia.
 
 
 
 
Fonte: Uol

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar