Página Inicial



twitter

Facebook

  Notícia
|

 

VOCÊ SABE SE PROTEGER EM REDES WI-FI?

31/05/2010

Após a Google noticiar publicamente que recolheu, por "acidente", informações de redes Wi-Fi, quem se acha expert em tecnologia pode estar tentado a zombar dos "ingênuos" que usam redes sem fio desprotegidas. Na verdade, provavelmente, é até justo dizer que as vítimas deveriam ter mais conhecimento sobre o uso de uma rede wireless, no entanto não fique muito convencido disso. Afinal de contas, talvez você não seja tão experiente como pensa.

Você já usou um acesso público Wi-Fi, talvez, para disparar um e-mail rápido ou alguma outra tarefa relacionada ao trabalho. Mas você se preocupou em tomar todas as precauções de segurança? Muito provavelmente, a resposta é "não", mesmo que você saiba os riscos. 

No entanto, mesmo que você esteja trabalhando de um cofee-shop com rede Wi-Fi protegida , ainda assim você ainda não está seguro. Por que? Porque outros internautas também estão usando a mesma rede e senha que você, se quiserem, eles podem acompanhar todo o seu tráfego na web.

Dicas rápidas 

Para impedir terceiros de acessar o seu e-mail, use um serviço que tenha HTTPS (uma conexão criptografada). Isto é importante porque quase todos os sistemas de Webmail, com excepção do Gmail e, provavelmente, o seu email do trabalho, usem HTTPS somente para logins, uma prática que prejudica a segurança.

Se sua empresa fornece uma rede virtual privada (VPN), certifique-se de que ela está em uso enquanto você acessa uma rede Wi-Fi pública.

Ainda assim, mesmo com essas precauções, você nunca está 100% seguro.

Uma recente pesquisa universitária mostrou que espiões, em breve, serão capazes de usar um programa de malware chamado "bugbot" para "sequestrar o seu celular" e ouvir as suas conversas com o uso de um notebook ou um telefone celular nas proximidades. No entanto o uso de malwares em celulares ainda é relativamente raro, mas está crescendo rapidamente.

Continuação do caso "Google Street View"

A continuação da saga do Google Street View e toda a discussão que foi gerada sobre ele, aparentemente, não terminará tão cedo. Funcionários do governo tanto da Europa como dos Estados Unidos estão pressionando a Google para obter mais detalhes sobre como a companhia conseguiu reunir dados pessoais de redes Wi-Fi, que não estavam protegidos por senha. 

A Google, no dia 17 de maio, em uma postagem em seu blog, chamou o caso de acidente. Apesar de admitir a falha, uma corte distrital em Portland, Oregon, requisitou, na segunda-feira (24/5), duas cópias dos dados coletados nos Estados Unidos. 

Pelo menos outras quatro ações judiciais na Califórnia, Massachusetts, Oregon e Washington foram apresentadas acusando a companhia de violação de privacidade, relatou a Reuters.
 
 
 
 
Fonte: IdgNow

 
Indique esta notícia Indique esta notícia para um amigo

Início Notícias  | Voltar